Publicidade
Carnaval
Especiais

Caprichoso volta atrás e decide não pedir anulamento a primeira noite do 50º Festival de Parintins

Na primeira noite de Festival, na sexta-feira, o Touro Negro se apresentou debaixo de muita chuva e por conta disso deixou de exibir o Ritual Indígena.  27/06/2015 às 23:46
Show 1
O Boi-Bumbá Caprichoso trata sobre os povos tradicionais da Amazônia em 2015
nathália andrade e kelly melo Manaus

Após uma reunião com o governo do Amazonas e os patrocinadores do 50º Festival Folclórico de Parintins, realizada neste sábado (27), na Ilha Encantada, a Associação Folclórica Boi Bumbá Caprichoso voltou na decisão e desistiu de anular a primeira noite de apresentação. Confira a nota abaixo:

Ao ser questionado sobre a possível perda de pontos pelo fato de o Caprichoso não ter apresentado o item de número 4, Ritual Indígena, Joilto reforçou o respeito aos torcedores e patrocinadores do Festival Folclórico de Parintins. “Às  vezes a gente tem que dar um passo para trás até porque a gente tem alguns compromissos com os patrocinadores, contratos assinados e precisamos nos apresentar e disputar o festival. Temos um boi forte para ser campeão, apesar dos contratempos. Para não prejudicar a festa e o Festival, aceitamos que a noite de sexta valesse ponto”, frisou o presidente.

O presidente informou que foram feitas algumas adequações na segunda noite do espetáculo, em virtude da não apresentação do ritual na noite do dia 26. “O Ritual da primeira noite virou Lenda Amazônica na noite do dia 27 e, nesta segunda noite, deixamos de apresentar algumas coisas que vamos tentar inserir na última apresentação. A perda ou não de pontos por não ter apresentado o ritual vaio depender da sensibilidade dos jurados. Eu gostaria de dizer à nação azul e branca que a gente te m responsabilidade com essa festa, que é muito importante para Parintins. Nós vamos vencer o Festival, apesar de tudo”, enfatizou Joilto Azêdo.

De acordo com o presidente do Boi Bumbá Garantido, Adelson Albuquerque,  o Garantido havia concordado em anular a primeira noite do festival devido os prejuízos causados pelo mau tempo. No entanto, destacou que o Festival Folclórico de Parintins conta com investimentos de patrocinadores, que precisam ser respeitados, e acredita que a disputa reinicia nesta noite. “Nós não sabemos como foram as notas de ontem, então a disputa hoje está 0 a 0. E que vença o melhor”, afirmou Albuquerque.

Publicidade
Publicidade