Sábado, 22 de Fevereiro de 2020
SEM CRISE

Carnaval é oportunidade de renda extra para artistas amazonenses

Em tempos de folia, A CRÍTICA compartilha a história de duas jovens que abusaram da criatividade e contaram com uma grande aliada para dobrar as vendas e alcançar públicos diversos



WhatsApp_Image_2020-02-11_at_20.12.12_78E7EBB9-DA78-49E3-A786-16E57AF9F356.jpeg Foto: Sandro Pereira
12/02/2020 às 14:34

Em tempos de folia, A CRÍTICA compartilha a história de duas jovens que abusaram da criatividade e contaram com uma grande aliada para dobrar as vendas e alcançar públicos diversos. Elas estão aproveitando o período para faturar um dinheiro extra.

Dandara Barros, 27, é formada em pedagogia e especialista em psicopedagogia. Em 2019 ela ficou desempregada e lembrou-se de uma blogueira que montava looks de carnaval e acessórios.



(Foto: Sandro Pereira)

“As tiaras foram as que mais me chamaram atenção, devido a habilidade que tenho com os trabalhos pedagógicos. Para minha surpresa, meu trabalho foi muito bem aceito e logo tive retorno nas redes sociais”, explica.

“Por incrível que pareça logo surgiu uma oportunidade de emprego e com a grande procura pelas tiaras, tive que contratar os serviços da minha irmã e da minha mãe que, no momento, também estavam precisando de ajuda financeira, ou seja, a ideia matou dois coelhos com uma cajadada só”, acrescentou.

Polarização saudável

O contexto político ganha forças com os memes da internet e muda completamente o carnaval brasileiro. Divididos entre ‘esquerdistas’ e ‘bolsominions’, é dessa maneira que tem se caracterizado os bloquinhos e os foliões utilizam de tiaras e placas para se identificarem no meio da multidão.

Dandara conta que fez muitas tiaras com frases políticas. “Mesmo não sendo a minha intenção fazer essa divisão, a procura pelas tiaras com posicionamento político vendeu bastante e continua sendo bem procurada”.

Uma das clientes explicou o porquê de curtir o carnaval “militando”. Segundo a professora Erika Carmo, 37, o carnaval é uma expressão cultural e por muitos anos a população vem usando o carnaval para expor seus posicionamentos políticos.

“A luta política está no nosso cotidiano e o carnaval é a arte sendo expressa por meio dos enredos, fantasias, camisas, tiaras, marchinhas e tudo que expresse sim a nossa luta. Estamos no carnaval também combatendo o machismo, a desigualdade, o assédio, respeitando a diversidade e as religiões. Isso é comprometimento social e não abro mão dele nem no carnaval”, afirmou ela.

No carnaval do ano passado, Dandara faturou aproximadamente um salário mínimo e este ano ela já recebeu várias encomendas.

Criatividade

(Foto: Sandro Pereira)

Ainda falando de criatividade, a estudante de estética Samara Rodrigues, 22, é outro exemplo. Ela contou que após passar uma temporada em São Paulo, voltou cheia de ideias.

“Pude acompanhar o carnaval paulista e ver o quão belo é. Cheio de cores e muito brilho, a galera se enfeita mesmo para pular carnaval. Então, decidi empreender nas tiaras, placas e brincos”, conta.

Ela explica que o diferencial dos seus produtos é a criatividade. “Sei que muita gente já confecciona essas coisas, mas meu diferencial é a criatividade em abundância. Me comprometo em entregar seu pedido com riquezas de dialetos, gírias, memes e até com temática regional”, disse.

Samara contou com a internet para divulgar seu trabalho. “A internet me abriu um ramo de possibilidades, tanto para conhecer pessoas que me trouxeram novas ideias como para vender. Meus posts foram compartilhados tanto por amigos como por clientes satisfeitos e atingiu proporções incríveis”.

Para ela, outro motivo para o sucesso de vendas é o preço acessível. “Os preços também foram o que mais chamou atenção, por que vendo minhas tiaras a R$ 10 reais e os brincos a R$ 5. Pode parecer muito barato, mas minha intenção era atrair a clientela mesmo, e mesmo assim eu conseguir tirar lucro. Cheguei a ir aos bloquinhos oferecer e também vendi bastante, às vezes a pessoa leva pouco dinheiro, mas vê meu trabalho e quer comprar”.

Ela finaliza comemorando a realização com o trabalho extra. “Está sendo um trabalho divertido e me dando muito orgulho. Estou adorando ganhar esse dinheirinho extra”, pontuou.

Repórter

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.