Quinta-feira, 02 de Abril de 2020
UM ABUSO DE RAINHA

Centro de Manaus ‘bate palma’ para Josiane Valle, rainha de bateria da Vitória Régia

Esse ano, a Vitória Régia tem a honra de apresentar a saga do artista manauara Wherner Botelho, com o enredo 'Wherner Botelho é coisa nossa... o Abuso é verde e rosa', idealizações das sambistas Rosana Vieira e Islene Botelho



ERALDO_LOPES_9078DDF1-6F46-447C-928C-1B28D371452C.JPG Foto: Eraldo Lopes
21/01/2020 às 15:49

A sessão Carnaval na Rua, idealizada pelo Manaus Hoje (MH), está trazendo a segunda Rainha de Bateria do grupo especial do Carnaval de Manaus. Esta semana a equipe de reportagem do MH teve o prazer de conhecer um pouco da história da Rainha de Bateria do Grêmio Recreativo Escola de Samba Vitória Régia: Josiane Valle, 32 anos.

Josi aceitou fazer o ensaio lá na Marechal Deodoro, conhecida popularmente como “Bate Palma”, localizada no bairro Centro, os elogios e gritos de “Ai, papai e eita Manaus” ecoaram no  famoso bate palmas do Centro da cidade. Foi um ensaio bem divertido e todo mundo pode ver de perto a beleza da Rainha.



O Grêmio Recreativo Escola de Samba Vitória Régia é uma escola nas cores verde e o rosa, inspiradas na Estação Primeira de Mangueira do Rio de Janeiro. Carinhosamente chamada de o "Berço do Samba”, é, ao lado da Andanças de Ciganos, a mais antiga escola de Manaus em atividade. Localizada na Praça 14 de Janeiro.

A Escola de Samba Vitória Régia foi campeã 11 vezes e vice-campeã treze vezes. No ano passado ficou em quarto lugar com o enredo “Tinta nas Veias, a Verdade nas Mãos: Na Crítica de Calderaro 70 Anos A Voz de uma Nação”. Esse ano, a escola tem a honra de apresentar a saga do artista manauara Wherner Botelho,  com o seguinte enredo “Wherner Botelho é coisa nossa... o Abuso é verde e rosa”, idealizações das sambistas Rosana Vieira e Islene Botelho.


"Ensaios, alimentação equilibrada e rotina de treinos são compromissos a semana toda, até o desfile,  porque para  Wernher Botelho, pede muito abuso ser Verde e Rosa”. Foto: Eraldo Lopes 

A proposta da Vitoria Régia é fazer um enredo que toque o coração das pessoas. “Vamos levar para a passarela do samba a maravilhosa história de amor à arte e ao folclore do Amazonas, e principalmente o amor ao próximo, desconhecida por muitos. Retratando que a riqueza, não se mede pelos bens que se possui, mas sim pelo bem que se faz”, disse a direção da verde e rosa.

A Rainha de bateria é profissional de Educação Física e atualmente acadêmica de Nutrição; escorpiana, flamenguista e brincante de boi com alma encarnada. Ela contou que é moradora do bairro Coroado, Zona Leste de Manaus, junto com a mãe, irmã e sobrinha.

“Sou a mais velha de três irmãs: Esterfane, Joyce (moram com suas famílias) e a July Valle, que cresceu comigo e me conhece mais do que ninguém. Meus filhos são o Tyson, de raça beagle e o Joe, de raça poodle, até o momento da maternidade chegar. Confesso que o sonho de ser mãe é um desejo cada vez mais latente”, contou ela.

Sempre envolvida na arte e no folclore amazonense, Josiane fez parte dos shows com artistas locais (Berg Guerra, Guto Lima) e esteve presente em muitas festividades da cidade. “Brinquei de ciranda, brinquei de boi bumbá no Garantido show, onde fui dançarina do Fábio Casagrande e Arlindo Junior. Estando atualmente no grupo Kboclos com shows temáticos”.


Josiane Valle tem 32 anos é profissional de Educação Física e acadêmica de Nutrição. Foto: Eraldo Lopes

Aos 24 anos, Josi recebeu o título de Musa da Bateria do Reino Unido da Liberdade, onde permaneceu por 5 anos, em seguida ela passou a participar do carnaval de outras escolas. “Desfilei em outras agremiações, como Balaku blaku, Aparecida e Vitória Régia, onde em 2019 recebi o convite do diretor de carnaval Fabrício Nascimento e do presidente Didi Redman para ser rainha da bateria berço do samba.

A rainha Josi contou sobre seu sentimento pela escola. “Era simpatizante com o pavilhão Verde e Rosa e sempre a visitei, a receptividade era mais que acolhedora. Quando entrei para a família, recebi carinho dobrado, o que me deixou apaixonada. Sentir a emoção de todos que se doam para ver a Vitória Régia passar, é marcante. Não há quem não vá se encantando a cada ensaio, a cada canto da comunidade, a cada segundo que nos aproxima do desfile”, declarou.

Repórter

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.