Publicidade
Carnaval
Especiais

Com desfile grandioso, a Vitória Régia teve os carros mais altos da noite do grupo especial

Escola levou para a avenida a história da fantástica Terra do Nunca, dos famosos personagens infantis Peter Pan, Sininho e companhia 07/02/2016 às 13:18
Show 1
Peter Pan inspira desfile da Vitória Régia
Laynna Feitoza Manaus (AM)

CONFIRA IMAGENS

Até a Peppa Pig figurou no desfiles da G.R.E.S Vitória Régia na madrugada deste domingo (07). Sob o tema “A Terra do Nunca é Verde e Rosa”, a escola contou a história do menino Peter Pan, fazendo um grande passeio por símbolos do imaginário infantil.

A agremiação entrou às 4h20 da manhã com duas alegorias, 3.500 brincantes, 280 ritmistas e quatro alas. O desfile ocorreu no Sambódromo sem nenhuma intercorrência.

O primeiro carro alegórico trouxe uma brincante fantasiada de Sininho. Ela estava hasteada em frente a um relógio gigante, que simbolizava a paralisação do tempo, uma vez que Peter Pan sonhava em permanecer criança para sempre.

Em seguida, a porta-bandeira e o mestre-sala da verde e rosa surgiu com as cores da escola. No vestido da porta-bandeira, o que se destacou foi um jogo de luzes de LED, no formato de estrelas.

Os ritmistas da bateria desceram a avenida fantasiados de Capitão Gancho, enquanto o próximo carro trouxe uma escultura gigante da Sininho, cercada por fadas e sereias.

Real X imaginário

A ala seguinte, com brincantes vestidos de preto, representava a sombra perdida de Peter Pan. Um dado curioso é que os intérpretes da sombra jogavam uma chuva de papel picado na torcida, simbolizando o pó mágico de Sininho, que fazia ponte entre a ilusão e a realidade.

O último carro da escola trouxe a fachada de um navio, e cruzou a avenida com os principais símbolos dos desenhos animados infantis. Além da Peppa Pig, figuraram no carro personagens como a Mulher Maravilha, Power Rangers, Superman, Os Flinstones, entre outros.

Foi aí que o mote de Peter Pan, personagem antigo de 1953, cruzou com a atualidade, em uma alegoria que deu contraste aos velhos sonhos das antigas gerações e às novas fantasias das gerações mais recentes.



Publicidade
Publicidade