Publicidade
Carnaval
Especiais

Conheça a 'batalha do samba', onde quem 'diva' mais é visto como o maioral da turma

Entre 10 e 15 amigos se reúnem para disputa; quando as escolas entram na avenida, uma parte deles mostra o seu melhor no samba no pé; os outros ficam só observando, para quando chegar a hora de sua escola, fazer ainda melhor 07/02/2016 às 03:33
Show 1
Batalha acontece fora da avenida
Laynna Feitosa Manaus (AM)

Estamos acostumados a pensar que o samba no pé só desce solto na avenida. Pelo menos em Manaus, isso é  um pouquinho diferente. Grupos de jovens apaixonados por carnaval mostram que até mesmo nas arquibancadas ou áreas de torcida é possível fazer uma espécie de "batalha do samba", onde quem "diva" mais é visto como o maioral da turma.

Como acontece? Eles se reúnem no número de 10 a 15 amigos. Geralmente, cada um tem uma escola do coração. Na entrada de cada uma dessas escolas, quem torce mostra o seu melhor no samba no pé. Os outros colegas ficam só observando, para quando chegar a hora de sua escola, fazer ainda melhor.

O auxiliar de cozinha Renan Medeiros, 22, declara que, apesar de todos serem amigos, a competição é um fato. "Rola sim, porque a gente tem que mostrar um pro outro que tem potencial", coloca ele. "Tem uma rivalidade, mas entre amigos, onde cada um da o seu melhor", completa.

Ao lado de Renan, o amigo  e operador de maquinas Maikon Douglas, 23, assume que em todo santo Carnaval o grupo vem Batalhar no desfile. A fonte de tanto samba no pé,  por sua vez, tem uma fonte bastante curiosa. "A gente aprendeu a sambar nos bailados do boi bumba. Como o boi tem muito requebrado, a gente aprendeu a dançar assim", diz ele.

Ele explica ainda que depois, todos entram em um consenso para avaliar o melhor do grupo. "Quem dança melhor ganha um presente. Ou ao menos o título de diva da noite", finaliza.

Publicidade
Publicidade