Publicidade
Carnaval
CARNAVAL

Desfile do Grupo Especial reúne oito grandes escolas de samba de Manaus neste sábado

A partir das 20h, TV A Crítica transmite toda a festa ao vivo. Confira a ordem de desfile de cada escola 25/02/2017 às 05:00 - Atualizado em 25/02/2017 às 12:41
Show show show agrandefamilia
O carnavalesco da Aparecida, Fabiano Fayal, venera a alegoria da Nossa Senhora Aparecida, cuja aparição há 300 anos é o enredo da escola neste ano / Fotos: Winnetou Almeida e Euzivaldo Queiroz
Paulo André Nunes Manaus (AM)

Acabou a espera pois chegou o grande dia do desfile das oito escolas de samba do Grupo Especial de Manaus no Sambódromo. A partir de 20h, as agremiações vão disputar o título mais aguardado entre as grandes do Carnaval amazonense apresentando enredos distintos e alegorias de deixar caído o queixo até de quem não curte os desfiles.

O evento é cercado de expectativas positivas por parte dos dirigentes e artistas das escolas. E nem a crise financeira que se abate sobre as agremiações é capaz de abater e tirar a esperança de uma grande apresentação logo mais.

A partir de 20h quem abre os trabalhos no Sambódromo é a Sem Compromisso, com o enredo “Eu tenho pra vender. Quem quer comprar?”, que retrata a história das feiras. “Neste ano a escola está vindo renovada e gigantesca e em busca de pelo menos o segundo e o terceiro lugar, senão o primeiro. Foram mais de um mês de trabalhos e estamos esperando a hora”, disse o artista plástico Mauro Santos.

Andanças de Ciganos

A Andanças de Ciganos, cujo desfile acontece de 21h20 a 22h30 e é a segunda a adentrar na “Avenida do Samba”, vai celebrar os deuses como o enredo “Na festa dos Deuses os Ciganos fazem o Carnaval”. Confiança é o que não falta à Andanças de Ciganos do mestre parintinense Jander Rodrigues, que chefia a equipe de operários de alegorias que dá vida ao espetáculo.

Unidos do Alvorada

A terceira agremiação da noite é a Unidos do Alvorada, que vai homenagear o Nordeste com o enredo “Meu ‘Padim’ abençoai esse povo guerreiro filhos do chão rachado do Nordeste Brasileiro”.

Reino Unido

Quarta escola a desfilar, uma das atuais campeãs do Carnaval, a Reino Unido da Liberdade, se apresenta de meia-noite até 1h10 com o tema “No Reino das fontes de vida, o Morro em movimento sustentável faz a diferença”, trazendo a importância da sustentabilidade e preservação do meio ambiente. “A Reino Unido quer mostrar o que é brincar de Carnaval, levar alegorias bem acabadas e abordando um tema que é super importante para o nosso planeta que é a questão da sustentabilidade”, informa Mizael Costa, responsável pelas alegorias do Morro.

Aparecida

A Mocidade Independente de Aparecida entra em cena de 1h20 a 2h30 e vai falar dos 300 anos da aparição da imagem milagrosa de Nossa Senhora Aparecida, nas águas do Rio Paraíba do Sul, no interior Paulista, em 1717, com o enredo “Gratia plena, Aparecida! 300 Anos no Coração do Brasil". “Nós viemos para conquistar mais um título”, comentou Fabiano Fayal, um dos carnavalescos da “Pareca”.

A Grande Família

Já a Grande Família vai apostar nos 36 anos do bairro São José, na Zona Leste, e nos 30 anos da agremiação para defender o enredo “Grandes sonhos, Grande Família, Grande Circular... Meu São José, fonte viva de histórias e cultura popular”, de 2h40 a 3h50. O artista Jaimison Cardoso, o “Mingo”, destaca que a escola fará uma homenagem surpresa para o saudoso Luizinho Andrade, ex-presidente da escola e que faleceu este mês.

Vitória Régia

A Vitória Régia  será a penúltima a desfilar, de 4h às 5h10, e traz o enredo “Olhos vendados, mãos firmes: a verde e rosa clama por justiça”. O artista plástico Diogo Pinheiro, em seu segundo ano à frente das alegorias da escola, destaca que “a escola vem mais forte que ano passado, apesar de toda a dificuldade graças a Deus; conversamos muito sobre a parte da reciclagem e criatividade em face da crise, como substituir, por exemplo, espelhos por CDs”.

Vila da Barra

Estreante no Grupo Especial, a Vila da Barra promete um desfile de garra de 5h20 a 6h30 com “Do proibido ao Sagrado: com a Vila desfrute o sabor do pecado”. “Estamos esperando só a hora do desfile e se Deus quiser vai dar tudo certo”, conta o artista responsável Jonilton Cardoso.

Ordem do desfile

1º - Sem Compromisso: 20h – 21h10
2º - Andanças de Ciganos: 21h20 – 22h30
3º - Unidos do Alvorada: 22h40 – 23h50
4º - Reino Unido: 0h – 1h10
5º - Aparecida: 1h20 – 2h30 
6º - A Grande Família:  2h40 – 3h50
7º - Vitória Régia: 4h – 5h10
8º - Vila da Barra: 5h20 – 6h30

Estandarte do Povo

Além do título do Carnaval oficial da Ceesma, as oito escolas concorrem também ao Estandarte do Povo de A CRÍTICA, que vai dar uma moto à melhor torcida. A apuração acontece neste domingo, a partir de 15h no auditório do jornal, na avenida André Araújo, 2.410, Petrópolis.

Publicidade
Publicidade