Publicidade
Carnaval
Gigantesco

Diferenciado, Carnaval de Educandos é realizado em 4 dias e completa 36 anos

Grandioso, o Carnaval de Educandos transforma a área do “Amarelinho” num gigantesco palco onde uma multidão de cerca de 70 mil foliões extravasam durante quatro dias 11/02/2017 às 05:47
Show carnavaldeeducandos
Em Educandos se mantém as tradições dos antigos carnavais realizados na avenida Eduardo Ribeiro, com seus blocos de sujos, os concursos de fantasias, o Carnaval infantil e os concursos de rainhas / Fotos: Euzivaldo Queiroz/Divulgação
Paulo André Nunes Manaus (AM)

Como acontece anualmente, nas primeiras horas do “Sábado Gordo”, que este ano cai em 25 de fevereiro, os moradores educandenses serão despertados pelo canto gravado de um “galo cansado” anunciando a abertura oficial de mais uma edição, a 36ª, do Carnaval de Educandos, na Zona Sul. “Nosso espírito é festeiro por natureza. Se depender da nossa alegria, da nossa garra e entusiasmo, me arrisco a dizer que, sem sombra de dúvida, a 36º Edição do Carnaval de Educandos 2017, nos dias 25, 26, 27 e 28 de fevereiro, será dentre todos o melhor. Um Carnaval inesquecível, como Educandos jamais viu há muito tempo”, afirma o artista plástico e ex-deputado estadual Erasmo Amazonas, criador e coordenador do festejo.

Grandioso, o Carnaval de Educandos transforma a área do “Amarelinho” num gigantesco palco onde uma multidão de cerca de 70 mil foliões extravasa durante quatro dias, sob a cadência envolvente dos frevos e marchinhas e da atmosfera criada por esses ritmos mostrando a força de vontade dos educandenses numa de suas feições mais expressivas; a alegria superando tristezas, negações, exclusões. “É nessa hora que o brasileiro brinca após tantos problemas que vem acontecendo atualmente no País”, ressalta o organizador.
diferente

Em Educandos, a folia carrega diferenças significativas de outros locais da cidade. Basta ressaltar que, enquanto os demais blocos e bandas são realizadas em apenas um dia, o Carnaval de Educandos tem duração de 4 dias, mantém as tradições dos antigos carnavais realizados na avenida Eduardo Ribeiro, com seus blocos de sujos, os concursos de fantasias, o carnaval infantil e os concursos de rainhas.

E, é claro que acontece a disputa entre os blocos carnavalescos, que desfilam para o público como se estivessem no Sambódromo de Manaus ou em plena Marquês de Sapucaí, no Rio de Janeiro,  esbanjando irreverência e criatividade. Há até os blocos que reúnem torcidas organizadas, caso do Defunto, Vagabundos, Vingadores, RAN, Virgens e o assustador bloco dos Assombrados. E na Terça-Feira Gorda, todos os blocos e bandas se unem num só cordão, formando o irreverente “Galo Cansado”, que é “pai de todos os blocos” – cuja única e divertida função é a de satirizar aqueles que não gostam de estar na folia de Momo.

Outra diferença educandense: o Carnaval de lá traz neste ano o tema “Um grito de Preservação”, e a ideia é que ninguém suje as ruas. Cada barraqueiro recebe sacolas biodegradáveis para recolher o lixo que, no final da festa, é separado e levado para reciclagem, outra parte entregue para o carro coletor da Prefeitura.

Erasmo manda um aviso aos navegantes: “No Carnaval de Educandos, forró e música sertaneja não tem vez. Nisso somos radicais! Lá só toca frevo, samba-enredo e, sobretudo, marchinhas. Por essas e outras é que o evento é considerado o mais tradicional e empolgante de Manaus”, garante o organizador, ressaltando o apoio da Fundação Municipal de Cultura, Eventos e Turismo (Manauscult) e Secretaria de Estado da Cultura (SEC).

Potências

Erasmo Amazonas alerta que é comum confundir o Carnaval de Educandos com a Bhanda da Bhaixa da Hégua, que embora seja um dos componentes do conjunto carnavalesco educandense, é um evento à parte. Ela sai no dia 19, Domingo Gordo, a partir das 16h.

Em números

4

Dias de folia tem o Carnaval de Educandos, de 25 a 28 deste mês na conhecida área do Amarelinho. Antes, dia 17, acontece a partir das 16h a apresentação da Banda do Coronel, e dia 19, no mesmo horário,a Bhanda da Bhaixa da Hégua.

Publicidade
Publicidade