Publicidade
Carnaval
'NENHUM DIREITO A MENOS'

Duas mil pessoas participam da banda 'Maria vem com as outras', em Manaus

O movimento, organizado pela Secretaria de Políticas para a Mulher (SPM) e Conselho Estadual dos Direitos da Mulher, contou com a presença de pessoas e entidades que defendem os direitos da mulher 17/02/2017 às 17:54 - Atualizado em 17/02/2017 às 18:37
Kelly Melo Manaus

Aproximadamente duas mil pessoas ligadas a movimentos sociais e entidades que defendem os direitos da mulher participam da banda "Maria vem com as outras" que passa pelas principais ruas do Centro de Manaus na tarde desta sexta-feira (17).

O movimento, organizado pela Secretaria de Políticas para a Mulher (SPM) e Conselho Estadual dos Direitos da Mulher (Cedim), vem com o tema "Nenhum direito a menos". De acordo com os organizadores, a proposta é não só conscientizar sobre os direitos, mas também combater da violência doméstica.

De acordo com a presidente do Cedim, Dora Brasil, um dos principais direitos defendidos é o da aposentadoria. "A violência é um tema que preocupa muito a gente. Mas temos que prestar atenção também que nessa reforma da previdência as mulheres são  as mais prejudicadas, porque não é justo igualar a idade de aposentar entre homens e mulheres nesse modelo de sociedade que a gente vive", destacou.

Para a secretária executiva da Sejusc, Keyth Bentes, esse também é um momento importante para levar conscientização para as ruas. "A época do carnaval  é um período em que as mulheres sofrem muitos assédios, muitas vezes são tratadas como objetos. Então essa banda tem o objetivo de chamar a atenção contra a violência contra a mulher e também para outros direitos que estão sendo desmontados no cenário político", destacou a secretária.

"Queremos dizer que não aceitamos nenhum direito a menos e dizer que a fantasia não é um convite para você me tocar e dizer que nós não toleramos o assédio no Carnaval", completou a secretária.

Publicidade
Publicidade