Publicidade
Carnaval
Especiais

Escolas de samba de Manaus vão 'viajar' na imaginação de temas bem variados no desfile

Enredos das oito escolas de samba que vão se apresentar no Sambódromo, no próximo sábado, é variado e traz da temática da mulher à comunicação e outras vertentes 02/02/2016 às 23:05
Show 1
Mocidade de Aparecida é a atual campeã do Carnaval e tem 21 títulos
Paulo André Nunes Manaus,AM

As oito escolas de samba do Grupo Especial de Manaus vão apresentar temas bastante distintos no próximo sábado, dia 6, durante o desfile no Sambódromo. De temas importantes e atuais como a mulher, passando por alimentos essenciais para o ser humano como o pão e outros, cada uma traz uma riquíssima variedade de assuntos que torna ainda mais brilhante as suas apresentações no Sábado Gordo.

Outro fator de destaque é o retorno das transmissões do desfile, neste ano, por parte da Rede Calderaro de Comunicação (RCC), que detém a exclusividade de exibição, na TV A Crítica, de um dos maiores espetáculos culturais do Norte do Brasil.

Caberá à Primos da Ilha, campeã do grupo de acesso em 2015, a responsabilidade de abrir esse espetáculo do Grupo Especial, às 20h, com a temática “Sou Berço da Vida, Fonte de Inspiração, Guerreira, Sou Ilha, Sou Mulher!”, que traz para a avenida uma reflexão sobre o universo feminino e todas as suas nuances.

Às 21h20, a segunda escola a desfilar na passarela do samba será a Sem Compromisso, com “O pão nosso de cada dia, que o diabo amassou e Deus consagrou”, falando sobre o importante alimento que está na mesa da maioria dos brasileiros e que se tornou uma espécie de verdadeiro “hábito” na mesa das pessoas.

Em seguida é a vez, às 22h40, da Unidos do Alvorada, que vai apresentar o enredo “Rei Arthur, o Legado de uma Lenda”, sobre o lendário personagem da Távola Redonda  e trazendo à tona alguns personagens de destaque do passado e da atualidade em setores como a política, por exemplo.

À meia-noite, rufam os tambores da Reino Unido da Liberdade com o tema “Na arte de se comunicar vem meu Reino encantar”, contando a história da comunicação através dos tempos e, claro, dando um ar de atualidade enfatizando a importância das mídias sociais para a globalização da humanidade.

Atual campeã do Carnaval amazonense do Grupo Especial, a Mocidade Independente de Aparecida será a quinta agremiação a desfilar já à 1h20 de domingo homenageando a escola de samba carioca Portela com “A Soberana encontra a Majestade e, nesta passarela, Eu nunca vi coisa mais bela”.

Direto da Zona Leste da cidade, mas com velocidade moderada para não “atropelar” o seu desfile, vai entrar na pista do Sambódromo às 2h40 a A Grande Família, que reedita o tema campeão apresentado no Carnaval de 2006 com “Paz no Trânsito”.

A tradicional verde e rosa Vitória começa a sua apresentação às 4h com o colorido tema “A Terra do Nunca é Verde e Rosa”, trazendo para a avenida a história de Peter Pan, Sininho, Wendy e companhia.

O Carnaval do Grupo Especial vai encerrar com a Andanças de Ciganos, às 5h20, que vai desenvolver o belo enredo “A perfeição das cores sob o olhar pitoresco do imaginário”.

UNANIMIDADE

Se os temas são distintos, pelo menos em três fatores as agremiações são unânimes: a obrigatoriedade da apresentação em no mínimo 55 minutos e máximo de 70 minutos, a intenção de apresentar um dos melhores Carnavais dos últimos tempos no Amazonas e, claro, buscar o sonhado título!





Publicidade
Publicidade