Publicidade
Carnaval
Carnaval2019

Escolas de samba participam de primeira reunião com a Secretaria de Cultura

Novo secretário estadual de Cultura, Marcos Apolo Muniz, reuniu-se nesta sexta-feira com os representantes das agremiações da capital; na pauta de discussões, as ações a serem realizadas pela secretaria e pelas escolas na festa popular 11/01/2019 às 19:50 - Atualizado em 11/01/2019 às 19:51
Show reuniaosec 3670936b 60a2 4600 9d52 69a7b6ef6e08
Reunião com o secretário Apolo Muniz aconteceu no Centro Cultural Palácio Rio Negro / Foto: Michael Dantas/SEC
Acritica.com Manaus (AM)

Como parte da agenda dos preparativos para o Carnaval 2019, o secretário estadual de Cultura, Marcos Apolo Muniz, reuniu-se, nesta sexta-feira, com os representantes das escolas de samba de Manaus. Na pauta de discussões, as ações a serem realizadas pela Secretaria de Estado de Cultura (SEC) e pelas agremiações, visando ao aprimoramento da festa popular.

Pela manhã, o secretário recebeu, no Centro Cultural Palácio Rio Negro, os representantes das escolas de samba do grupo especial e, à tarde, no Cine Teatro Guarany, os do grupo de acesso. “Foi o primeiro encontro, desde que assumimos a pasta, e foi de fundamental importância para entender como vem sendo realizado o Carnaval e o que é possível fazer. Outras reuniões acontecerão em breve”, afirmou Marcos Apolo.

O secretário apresentou aos representantes ideias para uma programação carnavalesca que movimente as comunidades antes dos desfiles, marcados para os dias 1° (grupos de acesso) e 2 (grupo especial) de março.

“É uma agenda a ser amadurecida. Estamos trabalhando com o mesmo objetivo, que é fazer o melhor Carnaval dos últimos tempos. Queremos levar a população de volta ao Sambódromo, ver aquele lugar cheio novamente e com o brilho que essa festa merece”, disse.

Orientação jurídica

Ressaltando a parceria que a SEC comunicou estar disposta a firmar com os grupos envolvidos, Marcos Apolo disse que a secretaria está aberta a oferecer orientação jurídica para que as escolas possam resolver questões relacionadas à prestação de contas e pendências junto ao Ministério Público do Trabalho (MPT).

“É preciso identificar os problemas e buscar formas de saná-los. Há questões que estão fora do alcance da SEC e para as quais só podemos atuar no sentido de orientação. Tudo o que a gente perceber que pode ser melhorado para termos um Carnaval grandioso daqui para frente será feito, em união com as escolas de samba”, ponderou.

Publicidade
Publicidade