Quinta-feira, 02 de Abril de 2020
FREVO

Galo de Manaus agita foliões na terça-feira de Carnaval

A festa, que homenageia a cantora nordestina Elba Ramalho, começou, oficialmente, às 18 horas



1B96B786-72F2-44F4-8655-75E8682B7459_9A03837B-E8F4-466D-ABEC-700A01801D8F.jpeg Foto: Eraldo Lopes
25/02/2020 às 19:47

Em plena terça-feira "gorda" de carnaval, dezenas de foliões já marcam presença no tradicional Galo de Manaus 2020, que acontece no Sambódromo, bairro Dom Pedro, Zona Centro-Oeste da capital. A festa, que homenageia a cantora nordestina Elba Ramalho, começou, oficialmente, às 18 horas. 

O técnico em análises clínicas, Leoni Assis, 28, foi fantasiado para comemorar o carnaval com seus familiares e amigos. "É o momento de brincar mesmo. O nosso dia-a-dia é de tanto trabalho que esse é a hora que a gente encontra para se divertir um pouco e muito bem acompanhado com a namorada, amigos de infância e a família", comentou. 



A empresária Ziza Martins, 57, preparou toda ornamentação para o Galo de Manaus. Ela e as amigas capricharam na temática de girassol. "Eu gosto é de carnaval de escola de samba. Todo ano, eu saio na avenida. Esse é a primeira vez que venho ao Galo e estou amando. O girassol transmite luz, paz, amor e prosperidade, tudo o que eu desejo para este não", afirmou. 

Levando o tema das cavernas é que a professora de Educação Física, Ida Amorim, 46, comemora o momento com o filho. "Já é uma tradição. Todos os anos venho curtir a folia e na companhia do meu filho. Ano passado, viemos caracterizado de frevo. Acho muito animado a festa e muito segura". 

Muito animado, o autônomo Lucas Coutinho, 22, ressaltou que a ordem é ser feliz neste carnaval. "É a segunda vez que venho e é a primeira fantasiado. A fantasia foi preparada em cima da hora mesmo. A ordem é ser livre", destacou o jovem

Galo de Manaus

A festa terá 12 horas de duração e contará com 30 atrações, estrutura de quatro palcos e dois trios. Além de festejar o carnaval, o público pode participar da campanha de arrecadação voluntária, a chamada "Galo Social" que incluem alimentos não perecíveis, brinquedos, fralda geriátrica e fralda infantil, ração para cachorros ou gatos. 

"A ideia de manter o carnaval pernambucano, é o maid democrático possível e gratuito. Fizemos uma area VIP por que o galo esta envelhecendo, temos 17 anos. A gente transformou o galo em uma festival multicultural, aqui nós temos o frevo, mas temos o forró ao funk", comentou o coordenador do Galo de Manaus, Theo Alves.

As doações seguem até o dia 29 de fevereiro e serão encaminhadas para entidades parceiras do Galo de Manaus como o SRD - Sem Raça Definida, Grupo " Raio de Sol", RNP+AM - Rede Nacional de Pessoas Vivendo com HIV/Aids e a ONG "Salada Solidário".

News karol 2d8bdd38 ce99 4bb8 9b75 aaf1a868182f
Repórter de Cidades
Jornalista formada pela Uninorte. Apaixonada pela linguagem radiofônica, na qual teve suas primeiras experiências, foi no impresso que encarou o desafio da prática jornalística e o amor pela escrita.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.