Publicidade
Carnaval
Especiais

Garantido confia na experiência dos itens individuais para tranquilizar quem estreia na arena

Para o atual bicampeão, conquistar o tricampeonato neste ano será mais do que especial para o boi do povão que, além do título do centenário dos bois, sonha em conquistar o Jubileu de Ouro 31/05/2015 às 18:34
Show 1
Verena Ferreira (cunhã-poranga), Ana Luisa (sinhazinha) e Isabelle Nogueira (rainha do folclore) procuram controlar a ansiedade e aumentam a dedicação na reta final
lorenna serrão ---

No Garantido, a palavra de ordem é vitória. Atual bicampeão, conquistar o tricampeonato neste ano será mais do que especial para o boi do povão que, além do título do centenário dos bois, sonha em conquistar o Jubileu de Ouro.

Ana Luisa, que ano passado chegou a anunciar a sua saída do boi, e depois de um pedido da diretoria, decidiu ser a sinhazinha do Garantido por mais um ano, se prepara para defender o item pela quinta vez. Aos 29 anos, ela diz que a sua única preocupação é com o condicionamento físico.

“Eu sempre fui muito tranquila. Mas nesse período, com a proximidade do Festival, fico mais preocupada com o meu condicionamento físico. Como o vestido da sinhazinha tem um peso maior, a gente tem que estar muito bem preparada. No mais, faço aula de dança erudita e funcional com peso, tudo para dar conta do recado na hora da evolução”, revelou.

Sobre a apresentação, ela é enfática: “Todo esse trabalho e dedicação eu faço pensando na galera vermelha e branca, gosto de saber que as pessoas vão ficar satisfeitas com a minha apresentação e por isso digo que estou preparada para buscar mais uma vitória. Espero poder passar um pouco da minha tranquilidade para as meninas que pisarão na arena pela primeira vez. O mais importante é se entregar sempre”, contou Ana Luisa, que é advogada.

Verena Ferreira neste ano terá uma nova função no boi Garantido. Porta-estandarte até ano passado, ela foi escolhida para ser a índia mais bela e se prepara para estrear como cunhã-poranga. Ela afirma que apesar de ter experiência na arena, tem certeza que a emoção será diferente. “Ser cunhã-poranga é totalmente diferente de ser porta-estandarte. Porta-estandarte tem um lado mais guerreiro e de interação com a galera, já a cunhã-poranga tem um lado mais sensual, uma coisa mais séria. E por isso, a parte da cênica é o principal trabalho que eu estou desenvolvendo”, completou Verena, que tem 21 anos.

Também com 21 anos, Isabelle Nogueira encara a reta final da preparação para a sua estreia como rainha do folclore do Garantido. Ela, que já participou de outros festivais, afirma que nada se compara ao Festival do Parintins e para fazer bonito, conta com o apoio da família, dos amigos e claro, da nação vermelha e branca.

“Estou muito ansiosa, vou estrear em um ano especial para o Festival. E por isso, nesse momento de ansiedade, a minha família, todos os itens do boi, que me acolheram muito bem, e a nação vermelha e branca estão me apoiando e isso faz toda a diferença. Estou focada, quero me superar na arena e quero conseguir as notas máximas para ajudar o meu boi a vencer”, comentou.

Apresentador e amo do boi do povão

Apresentador oficial do garantido desde 2002, Israel Paulain, que vai defender o item pela 14ª vez, afirma que mais uma vez o Garantido fará apresentações diferenciadas.

“A cada ano é uma emoção diferente, e em 2015 o meu objetivo é me reinventar na arena. Costumo dizer que 2006 foi um divisor de águas na apresentação do Garantido. Nós mostramos um modelo diferente, inserimos o apresentador de fato no espetáculo através da parte cênica. Em 2015, vamos unir tudo o que aprendemos durante todos esses anos e fazer um espetáculo ainda mais diferenciado, muito musical, que é uma característica nossa”, comentou.

Tony Medeiros faz coro a Israel Paulain, diz que o Garantido está unido e que o boi tem tudo para conquistar o tricampeonato. “Estou me preparando bem e sou uma pessoa muito concentrada, o que é essencial na hora da apresentação. O Garantido conta com um presidente que trabalha de forma equilibrada, temos tudo para conseguirmos o tri”, completou.

Confiança

André Nascimento, 35, também está confiante quanto à vitória do bumbá encarnado. Há 17 anos atuando como o pajé do Garantido ele acredita que o Festival será muito especial. “O Garantido quer ganhar, fazer história novamente. Os torcedores encarnados podem esperar muitas surpresas e inovação”, pontuou.

Publicidade
Publicidade