Publicidade
Carnaval
Especiais

Garantido faz seu primeiro ensaio técnico na arena do Bumbódromo na noite desta segunda (22)

O ensaio foi suspenso por volta de meia-noite, devido à chuva que caiu sobre o Bumbódromo de Parintins. Novo ensaio ocorre nesta terça (23), às 21h e no mesmo local 25/06/2015 às 14:03
Show 1
Galera curtiu da arquibancada o ensaio técnico do Garantido - o primeiro deste ano no Bumbódromo
Laynna Feitoza Parintins (AM)

Nem mesmo o atraso causado pela chuva abalou os ânimos da torcida vermelha e branca no primeiro ensaio técnico do boi Garantido no Bumbódromo, na noite desta segunda (22), no município de Parintins. As arquibancadas do touro branco somaram cerca de 5 mil presentes. O ensaio começou por volta das 22h30 e acontece quatro dias antes do Festival Folclórico de Parintins, que neste ano está em sua quinquagésima edição.

O 1º item feminino a evoluir na arena foi a Porta-Estandarte do Garantido, Daniela Tapajós. Com um carisma notável pela plateia, a paraense de 20 anos disse estar confiante para a sua estreia como item oficial do festival. Para controlar a emoção e a ansiedade que sente até mesmo antes dos ensaios, ela conta que se posiciona atrás do porta-estandarte do boi e reza um Pai Nosso. “Penso que tudo vai dar certo e que vou conseguir”, comenta.

Sobre os sentimentos que busca incorporar para viver o item, Daniela garantiu que a porta-estandarte é uma junção de todos os itens femininos do boi. “Tem que ter a garra da Cunhã-Poranga, o bailado da Rainha do Folclore, e a graciosidade da Sinhá. Tudo porque a Porta-Estandarte é aquela que vai erguer  o símbolo maior do boi, aquela que vai defender o pavilhão”, complementou ela.

Na sequência, a cunha-poranga da nação vermelha, Verena Ferreira, encantou a todos com sua beleza nativa. Porém, antes que os itens Pajé (André Nascimento), Sinhazinha da Fazenda (Ana Luiza Faria) e Rainha do Folclore (Isabelle Nogueira) pudessem se apresentar, a chuva que atrasou o início do ensaio técnico – e que havia dado uma trégua – retornou a cair sobre a arena, suspendendo definitivamente a apresentação por volta da meia-noite.

Interrupção

Segundo o diretor musical do boi vermelho, Alder Oliveira, o ensaio precisou ser suspenso para garantir a segurança dos brincantes e dos profissionais presentes no local. “Por causa do equipamento musical completo, que envolve eletricidade. E precisamos suspender também para preservar os instrumentos, principalmente os de madeira, que podem ser deteriorados com a água. A afinação desses instrumentos também pode ser comprometida nesses casos”, justificou ele.

Quem quiser conferir o ensaio na arena completo pode ir ao Bumbódromo nesta terça-feira (23), às 21h. Os brincantes do touro branco, porém, pedem que a chuva não atrapalhe o ensaio mais uma vez. “Foi maravilhoso, o Garantido sempre me emociona, independente de ter chuva ou não”, destacou a estudante Elielse  Viana, 21, ao deixar a arena.



Publicidade
Publicidade