Sexta-feira, 24 de Maio de 2019
APOIO

Governo do AM repassará mais de R$ 1,5 milhão às escolas de samba de Manaus

Secretário de Cultura informou que o Carnaval de Manaus gera 15 mil empregos diretos e indiretos. Ano passado, no período da festa, o Estado recebeu 56,8 mil turistas



carnaval_0725CDF9-C6DA-4554-8933-CDD18931285B.JPG
Foto: Divulgação
18/01/2019 às 19:35

O Governo do Amazonas vai repassar R$ 1.554.592 às escolas de samba de Manaus para o Carnaval 2019. O valor foi anunciado pelo secretário estadual de Cultura, Marcos Apolo Muniz. Segundo ele, o governador Wilson Lima decidiu manter o mesmo valor do ano passado, mesmo diante dos desafios que vem enfrentado para reconstruir o Estado, por reconhecer a importância econômica e o impacto social do evento, que gera, aproximadamente, 15 mil empregos diretos e indiretos.

Somente os trabalhadores ligados às escolas, como costureiras, aderecistas e artistas, são cerca de 3.000 pessoas, nas agremiações do grupo especial. Tem mais 1.500 nos grupos de acesso, somando 4.500 pessoas que tiram da produção da festa parte do sustento de suas famílias.

“Carnaval é festa, mas também é trabalho. É entretenimento que gera reflexos diretamente na vida das pessoas que trabalham nos galpões e também no comércio, nos serviços e no turismo. Quando o Governo investe no evento, movimenta a economia e isso gera retorno para a população. Por isso, estamos trabalhando para ter um Carnaval bonito, para que as pessoas tenham novamente o prazer de prestigiar suas escolas do coração e potencializar essa cadeia produtiva”, destacou o secretário Marcos Apolo Muniz.

A União das Escolas de Samba do Amazonas (Uesam), a Liga Independente das Escolas de Samba de Manaus (Liesa), a Comissão Executiva das Escolas de Samba de Manaus (Ceesma) e  o Grupo de Acesso Oficial (GAO) foram comunicados do repasse, na tarde da última quinta-feira, em reunião com o secretário. Apolo explicou que a pasta está em consulta com a Procuradoria Geral do Estado (PGE) para adotar a forma correta de efetuar o repasse, cuja data será informada posteriormente.

Para incrementar o período de folia, o secretário apresentou aos representantes das associações propostas de eventos que antecedam os desfiles no Sambódromo, marcados para os dias 1º (grupos de acesso) e 2 de março (grupo especial). Essa programação está em fase de elaboração, em conjunto com as escolas de samba de Manaus.

Também foram pautas da reunião os trabalhos de manutenção do Sambódromo, que iniciaram no último dia 10, com visita técnica dos representantes da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra) e do Corpo de Bombeiros, e a disponibilização do departamento jurídico da SEC para orientar ligas e escolas quanto à prestação de contas e exigências trabalhistas.

Na última segunda-feira, o secretário estadual de Cultura reuniu-se com o diretor presidente da Manauscult, Bernardo Monteiro de Paula, para alinhar ações para os eventos da capital, incluindo o Carnaval.  Eles destacaram que a união das pastas pode potencializar as atividades culturais na cidade e impulsionar o turismo.

Dados parciais da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur) apontam que, em fevereiro do ano passado, mês em que foi realizado o Carnaval, o Estado recebeu 56,8 mil turistas, sendo 57,21% domésticos e 34,85% internacionais. Os demais não informaram a origem.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.