Quarta-feira, 22 de Maio de 2019
Especiais

História de superação: rainha de escolas de samba de Manaus já pesou 110 quilos

Conheça a curiosa história de vida de Sandy Salum que, com muita força de vontade, conseguiu realizar o sonho de ser rainha de bateria



1.jpg
Sandy é um exemplo de superação
13/01/2016 às 17:53

Superação e persistência fazem parte da raiz dos amantes do samba amazonense. Mas, com Sandy Salum, 34, a bela rainha das escolas de samba A Grande Família e Balaku-Blaku, esses sentimentos vieram com uma boa dose de esforço e amor próprio. Hoje com 66 quilos, dona de uma autoestima e gingados fenomenais, ela não lembra nem de longe a época em que tinha 110 quilos!

A mudança de peso e de vida ocorreu há seis anos, a partir de uma observação feita por um dos seus filhos, Sandrey, hoje com 12 anos. “Eu era obesa e não conseguia mais caminhar, nem me exercitar. Fiquei hipertensa, diabética, tinha hérnia de disco e sofria de lesão no joelho. Decidi mudar meu estilo de vida após meu filho, Sandrey, me olhar e dizer que eu estava parecendo uma ‘baleia’. Aí eu cheguei à conclusão que ele não poderia se envergonhar de mim e que eu teria que mudar para poder brincar com ele e vê-lo crescer”, conta ela.

Após a constatação dos males pelo excesso de peso, ela decidiu fazer uma cirurgia bariátrica (redução de estômago). “E eu já tenho hérnia de disco, lesão no joelho e já estava diabética e já estava no quadro para a cirurgia”, lembra. “Após o procedimento cirúrgico perdi 52 kg em seis meses (nesta época ela ficou com 58 kg), mas fiquei muito flácida, muito magra e com aspecto de doente. Em face disso comecei a melhorar a minha alimentação e investir na musculação. E, no decorrer dos anos, eu percebi que o meu corpo foi mudando. Fui adquirindo massa muscular e ficando com o corpo mais bonito”, conta ela. No último sábado, quando da entrevista com a beldade, ela pesava 66kg.

Relação com o Carnaval

“Eu mudei a minha relação com a comida. Hoje eu vejo o alimento como um remédio: eu como pra viver e porque preciso, não porque eu quero comer”, salienta a Rainha, que perdeu quilos mas ganhou bem mais em carinho e reconhecimento no Carnaval: “Passei em frente da quadra da escola de samba Aparecida, em 2012, e fui observada por um dos diretores da agremiação, que me elogiou dizendo que eu era bonita, e perguntou se eu sabia sambar. Aí eu falei: ‘Acho que sim’. E ele me convidou a concorrer a Rainha de Bateria da agremiação. Eu tinha vergonha porque sou uma ex-obesa, depois de tudo que eu passei... é difícil. Mas eu concorri, levantei a quadra e virei Rainha de Bateria da Aparecida”, relembra.

Antes de chegar ao topo das mulheres mais belas do Carnaval, Sandy Salum já frequentava o samba, como brincante nas escolas de samba Vitória Régia e a própria Aparecida, mas nunca foi destaque.

“Ao entrar no mundo do Carnaval fui logo ocupando o posto de Rainha da Bateria em uma das maiores escolas de samba de Manaus. Isso projetou muito minha história de vida, as pessoas passaram a querer conhecer a minha história e procurar saber quem eu era nas redes sociais. E me perguntavam: ‘Eu não acredito que você era gorda’. E eu dizia: ‘Não, eu era obesa’. E tenho orgulho de falar que sou uma ex-obesa. Hoje as minhas redes sociais falam em alimentação, exercício e qualidade de vida”, declara a majestade.

Sandy Salum ficou um ano na Aparecida e depois foi convidada para ser Rainha da Balaku Blaku, onde está há quatro anos, e nesta temporada foi convidada para desfilar pela A Grande Família.

A ansiedade pela chegada do desfile é grande, mas o que ela espera é ter pique para aguentar dois dias de desfile. “Mas a minha expectativa é a melhor possível. Eu amo a Balaku Blaku, independente dela ter caído para o acesso. Visto a camisa dela e da A Grande Família também. Eu amo vermelho e branco até morrer”, conta a majestade.

Ah, e vocês lembram do Sandrey, filho de Sandy? Hoje ele se orgulha da mudança da mãe. “Era isso que eu queria. Uma vez foram perguntar dele na escola sobre quem era a mãe dele. E ele respondeu: ‘Ela é Rainha de Bateria. Para mim foi emocionante”, derrete-se ela, mãe, também, de Samuel, 9.

Ela foi eleita Rainha dos Sambistas

Sandy foi condecorada, sábado (9), como Rainha dos Sambistas do Amazonas, em eleição do site Meu Mundo do Samba, e recebeu a faixa das mãos de Luana Bandeira, Rainha de Bateria da Estácio de Sá e dos Sambistas do Rio. “É um orgulho ser reconhecida pelo samba e pela sua história de vida”, disse a manauense.

Em números

Cinquenta e dois é o número de quilos que perdeu a Rainha Sandy Salum após a cirurgia de redução de estômago pela qual passou há 6 anos. Há cerca de 1 ano e meio ela fez outra cirurgia, desta vez reparadora. Era o mundo do samba ganhando mais uma majestade.

Reeducação alimentar

Paralelo ao mundo do samba, Sandy Morais Salum está construindo uma vida profissional baseada no que aprendeu com a sua readequação alimentar. Ela criou a empresa virtual “Comidinhas da Sandy”, que vende, por meio da Internet, produtos alimentares detox, fit e ducan, não-industrializados, voltados para pessoas que buscam qualidade de vida e perder, no mínimo, as gordurinhas indesejadas. Tudo a partir da reeducação alimentar.

“Minha empresa vai completar três anos agora, no meio do ano. Tudo começou a partir do próprio alimento que eu fazia para comer. Por exemplo: eu não posso comer glúten. E fiquei tolerante à lactose. Passei a comer alimentos como sopa de caldo de milho com couve. E a beber sucos detox. As pessoas começaram a se interessar e eu passei a vender pelo Facebook e Instagram”, conta ela.

Uma das “comidinhas” que Sandy Salum produz é uma deliciosa focaccia de biomassa de banana verde com alecrim e azeitonas. “Um alimento como esse te deixa saciado e é delicioso. Eu só vendo o que eu como”, conta a rainha-cozinheira-empresária.

Cursos

Formada em fisioterapia há 11 anos, a Rainha não para de investir em sua formação profissional fora do Carnaval. Ela participa constantemente de cursos de especialização fora do Estado e, em abril, após a folia de Momo, participará de um curso de confeitaria funcional em São Paulo. Mas a beldade do Carnaval amazonense não para por aí: ainda neste ano ela prestará vestibular para gastronomia.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.