Publicidade
Carnaval
Especiais

Meninas falam sobre a ansiedade antes da decisão sobre quem vai para o barco

Deixando de lado o fato de que precisam “brigar” por uma vaga, nossas duplas demonstram união nesta reta final da competição que irá definir a Rainha do Peladão Brahma 2015 06/11/2015 às 14:21
Show 1
Em sessão de fotos, elas deixaram a competição de lado para posar e também para falar do longo caminho que será enfrentado até a chegada ao iate Victory of God
equipe peladão 2015 ---

CONFIRA A GALERIA DE IMAGENS

Belas e muito animadas! Assim podemos definir o ensaio de quatro duplas que disputam uma vaga no programa Peladão a Bordo - O Reality desta semana. Deixando de lado o fato de que precisam “brigar” por uma vaga, nossas duplas demonstram união nesta reta final da competição que irá definir a Rainha do Peladão Brahma 2015.

Em sessão de fotos realizada na luxuosa casa de Murilo Rayol, na Ponta Negra, elas deixaram a competição de lado para posar e também para falar do longo caminho que será enfrentado até a chegada ao iate Victory of God.

Joicimara Figueiredo e Verônica Azevedo enxergam a competição com naturalidade. Embora tenham o mesmo objetivo, elas estão tirando de letra a participação em mais uma etapa que pode resultar na realização de seus sonhos.

“Eu fiquei muito surpresa com a questão da dupla, porque imaginei que naquela noite seriam escolhidas as 11, e por isso não senti o baque, só segurei forte a mão da Joicimara e saí correndo”, contou Verônica, que é representante do Conexão Fitness. Apesar de almejar o primeiro lugar, a bela mantém a admiração pela colega.

Já para Joicimara, que disputa pelo segundo ano o título de rainha, a emoção de ser escolhida para mais uma etapa foi marcante. “Na hora do anúncio não tive reação para comemorar por que fiquei muito emocionada com essa classificação. Mas agora estou tensa, viver essa expectativa é algo cansativo”, revelou a musa do Amigos do Naça.

Sonhos a realizar


Para Dayse Germano estar entre as 22 é sinal de reconhecimento. Ela, que trabalha como promotora de eventos, tem muitos planos para a carreira e para a vida. “A minha classificação foi bem inesperada. Quando falaram que teria mais uma disputa, fiquei tensa mas feliz, minha concorrente é bacana. Vou tentar chegar nesse iate sendo eu mesma”, revelou a representante do Real Matismo.

Tatiane Reis espera escrever uma nova história em sua segunda participação no Peladão. A bela do São José Futebol Clube revela que está bem feliz e pronta para enfrentar mais esse desafio. “Agradeço muito á oportunidade que me foi dada. Sei que é o meu sonho e de outras meninas também, mas quero abraçar as chances que eu tenho certeza que irão surgir”, disse Tatiane.

Preparadas


Após a insistência de amigos e da família, Arislene deu ouvidos aos muitos conselhos e resolveu meter a cara em um concurso de beleza. “A princípio, tinha minhas dúvidas, mas agora que estou perto de realizar esse desejo, estou muito confiante”, disse Arislene, que veste a camisa do São Francisco e que busca no reality uma oportunidade de transformar seus sonhos.

Uma nova jornada em sua vida. Assim a bela do Codajás Futebol Clube, Thaís Bergamini, enxerga sua possível participação no Peladão. Ela, que ostenta alguns títulos de beleza, revela que se sente prepara para a próxima eliminatória do concurso. “Eu me sinto prepara, meu principal inimigo é eu ser pavio curto, mas vou tentar segurar esse meu jeito, sou muito divertida e sei que vou conseguir me destacar”, disse a modelo que destaca a humildade como sua principal defeito.

‘Minha torcida é dela’

Elas duas são lindas e têm o físico típico da mulher brasileira. Karen Said e Poliane Souza, que disputam uma vaga no reality, deixaram a rivalidade de lado para dar lugar a outro sentimento: o de amizade.

 “Eu me apeguei a ela, não me sinto rival da Poliane. A convivência fez com que eu me aproximasse, sou do tipo de pessoa que não vejo rivalidade, estou lutando pelo meu sonho mas torço bastante pelo dela também”, revelou Karen que tem 26 anos e é representante do Gol Clube Manaus. “Se ela entrar no barco a minha torcida vai ser dela, e eu não tenho motivos para desejar algo ruim para a Poli”, continuou Karen.

A mesma resposta sincera que ouvimos de Karen, também ouvimos de Poliane. A musa do Puraquequara F.C. não esconde a admiração e o respeito pela amizade que construiu com a parceira.“Desde o início, na praia nossa convivência é maravilhosa. Tenho muita afinidade com ela, mais do que com qualquer outra. Acho uma pena que ela seja a pessoa que preciso disputar, mas não vejo ela como inimiga, quero entrar no reality mas também torço por ela”, afirmou a fisioterapeuta de 25 anos.


Publicidade
Publicidade