Publicidade
Carnaval
Especiais

Mocidade Independente de Aparecida mantém o mistério até o dia da apresentação

Com 30 anos, a escola sempre é favorita ao título e os números confirmam esse “favoritismo”. Em toda sua história, a verde e branco possui 21 troféus como campeã do Carnaval 03/02/2016 às 16:47
Show 1
Saulo Borges, o carnavalesco da Aparecida, mostra detalhes das fantasias
oswaldo neto Manaus (AM)

CONFIRA A GALERIA DE IMAGENS

O mistério ronda o barracão do Grêmio Recreativo Escola de Samba Mocidade Independente de Aparecida. O segredo é mantido para que somente membros da agremiação saibam das surpresas confeccionadas para homenagear a escola de samba carioca Portela, enredo defendido pela campeã do último Carnaval em 2016.

E quando o assunto é título, a verde e branco de Aparecida faz qualquer coisa para manter suas “armas secretas” em segurança antes de encantar na passarela do samba.

A chave desse baú de surpresas é guardada pelo presidente da agremiação, Luiz Pacheco. O que se sabe até o momento é que, em 2016, a “Pareca”, como é carinhosamente conhecida pela comunidade, irá trazer para o sambódromo um tributo à Portela, tradicional escola de samba do Rio de Janeiro, campeã de 21 carnavais. No barracão da Aparecida, os trabalhos nas alegorias estão 90% concluídos.

Segundo Pacheco, o enredo “A soberana encontra a majestade, e nessa passarela eu nunca vi coisa mais bela” foi escolhido após uma brincadeira de 1º de abril. Ele conta que, no ano passado, a diretoria estava reunida no botequim da Pareca, quando o assunto enredo veio à tona.

Na ocasião, o diretor-geral, Fabrício Nascimento, teria sugerido que o tema deste ano fosse uma homenagem à Portela. “Fizemos um link nessa homenagem porque a Portela é campeã do Carnaval carioca com 21 títulos, e a Aparecida, em 2015, conquistou seu 21º título”, destacou o presidente.

Após isso, os dirigentes espalharam a notícia na comunidade, informando que o enredo havia sido decidido. “Dissemos que era 1º de abril, mas a recepção do público foi tão boa que acabamos deixando esse enredo mesmo. Depois de pesquisarmos a fundo a história da Portela, acabamos descobrindo que esse era o melhor enredo que podíamos ter escolhido”, explicou.

Coisas em comum

Além do enredo deste ano, a Aparecida e o carnaval carioca possuem outras ligações que poucas pessoas percebem instantaneamente. A primeira delas é o fato de a Aparecida e a Portela terem aves como símbolo. A Aparecida é representada por um papagaio, enquanto a Portela traz uma águia no seu estandarte.

“Tudo é pássaro, não é? Só que um é predador e outro não. O papagaio da Aparecida só é predador na avenida”, brincou o presidente Luiz Pacheco.

Enredo e homenagens à Portela à parte, a Aparecida também tem semelhanças com outra escola de samba carioca. Os tons verde e branco da Soberana são uma homenagem à escola de samba Mocidade Independente de Padre Miguel, outra tradicional do Carnaval do Rio de Janeiro. “A Mocidade vinha muito aqui em Manaus e tínhamos muita afinidade. Acabamos fazendo essa homenagem a ela”, disse ele.

Força da comunidade

A Aparecida é apontada por muita gente como “um divisor de águas” no Carnaval de Manaus. Com 30 anos, a escola sempre é favorita ao título e os números confirmam esse “favoritismo”. Em toda sua história, a verde e branco possui 21 troféus como campeã do Carnaval. Caso vença em 2016, a Pareca será tetracampeã, pois desde 2013 ela termina o Carnaval como grande campeã - em 2014 todas as escolas dividiram o título.

O segredo? Isso o presidente arrisca falar. “A Aparecida não elege um vereador porque seriam seis mil votos. Porém, pela sua história, por ser um bairro secular, são seis mil formadores de opinião. É uma comunidade diferente, uma comunidade que, quando vai pra algum concurso, o segundo lugar é o primeiro dos últimos. Não serve”, afirma Pacheco.

Sobre o desfile de 2016, ele prefere manter segredo e garante, apenas, que a escola vem para encantar o público e brigar pelo título. “Existem muitos apaixonados pela Aparecida adormecidos, mas quando vem o desfile, tudo se transforma”.

Ficha técnica

Mocidade Independente de Aparecida

Fundação: 15.03.1980

Enredo: A soberana encontra a majestade, e nessa passarela eu nunca vi coisa mais bela

Carnavalesco: Saulo Borges e Fabiano Fayal

Alas: 19

Componentes: 3.000

Publicidade
Publicidade