Sábado, 14 de Dezembro de 2019
Especiais

Órgãos divulgam números do 49º Festival Folclórico de Parintins

Disputa entre bumbás Caprichoso e Garantido inicia nesta sexta (27), e número de visitantes vindos em embarcações é 25% menor que do ano passado. Já no aeroporto, a expectativa é realizar cerca de 100 pousos



1.gif Os dados foram divulgados durante coletiva de imprensa
27/06/2014 às 15:34

Mais de 30 órgãos envolvidos na organização do 49º Festival Folclórico de Parintins estiveram reunidos na manhã desta sexta (27), na ilha Tupinambarana, para acertar os últimos detalhes para a primeira noite do evento. Segurança, saúde e fornecimento de energia elétrica estiveram entre os pontos discutidos pelos representantes de cada órgão.

Apesar do número de visitantes em Parintins ainda ser pequeno em relação ao ano passado, o titular da Secretaria de Estado de Cultura, Robério Braga, acredita que o movimento de pessoas deva aumentar nos próximos dias. “É visível que a cidade está tranquila, mas esse número deve se elevar a partir da segunda noite de apresentação dos Bumbás”, disse Braga.



Em 2013, a Capitanhia dos Portos registrou a chegada de 440 embarcações para os três dias de festival e o número de turistas chegou a 12 mil. Este ano, a movimentação de embarcações no porto está 25% menor. Até a manhã desta sexta (27), 326 embarcações já haviam atracado no município, e o número de turistas vindos de barco chegou a 9,5 mil passageiros.

No aeroporto Júlio Belém a movimentação também é tranquila e a expectativa é de realizar cerca de 100 pousos. A administração do aeroporto e a Aeronáutica informaram ainda que aproximadamente 4,3 passageiros devem desembarcar em Parintins até o fim do festival.

Um dos pontos mais preocupantes é o fornecimento de energia elétrica, que segundo os órgãos responsáveis não deve haver surpresas que comprometam a apresentação dos bumbás. O diretor de energia da Eletrobrás Amazonas Energia, Radi Oliveira, explicou que nos últimos dias foram realizadas algumas interrupções programadas, para realizar a revisão de novos grupos geradores.

Já sobre o abastecimento de energia dentro do Bumbódromo, Radi informou que o espaço possui uma geração exclusiva para o atendimento. “Estamos bem abastecidos. São 28 grupos geradores para suprir a demanda, e temos fiscais nas ruas trabalhando para assegurar que tudo ocorra dentro da normalidade”, disse. 

No quesito segurança pública, mais de 800 policiais militares e 80 policiais civis estão trabalhando da “Operação Parintins”. Além deles, homens do Corpo de Bombeiros e Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AM) também compõem o quadro. Os órgãos também ressaltaram que não é permitida a entrada de comidas e bebidas na arena e a proibição de fumar nos camarotes.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.