Publicidade
Carnaval
Especiais

Paralelo da Rainha dá esperança a times eliminados no Peladão Brahma 2015

Para conseguir a tão sonhada vaga entre os dezesseis melhores, as equipes terão que passar por uma maratona de jogos no temido torneio  04/12/2015 às 11:50
Show 1
João Bosco é um dos times que estão voltando para ter a segunda chance
equipe peladão 2015 ---

Dezesseis equipes que foram eliminadas nos mata-matas do Peladão Brahma 2015 terão uma chance de “ressuscitar” na competição e ganhar uma vaga nas oitavas de final da categoria principal, voltando a disputar o título mais cobiçado pela boleirada do Estado.

Entretanto, a missão não é nada fácil. Para conseguir a tão sonhada vaga entre os dezesseis melhores, a equipe terá que passar por uma maratona de jogos no temido torneio do “Paralelo das Rainhas”. Os jogos do paralelo começam a ser disputados amanhã. Os duelos acontecem nos campos da Cean, no São Francisco, e da Lidam, no Amazonino Mendes.

As equipes ganharam o direito de retornar ao Peladão graças ao desempenho de suas rainhas no concurso de beleza. Um dos clubes que volta aos campos é o Futebol Amador do Amazonas - Faec. Eliminado na segunda fase da competição, o Faec.

O time promete “suar sangue” para conquistar o paralelo. E também prepara um agradecimento especial à sua candidata, Jucilene Oliveira. “Estamos muito confiantes. O grupo está unido e vamos jogar em busca da vitória. Vamos lutar para ficar entre os 16 finalistas do Peladão. E nossa rainha tem um papel muito importante nisso. Com certeza se voltarmos, ela será recompensada”, disse o presidente e atacante do Faec, Eudi Amós. O time encara o Gladiadores da Compensa, amanhã, às 13h30 no campo da Cean.

Maratona

Os vencedores dos oito jogos de amanhã, já voltam a campo no domingo. As semifinais serão disputadas na segunda-feira à noite e a grande decisão do Paralelo das Rainhas está agendada para terça-feira, às 20h, na Cean. Como neste ano, o Peladão não teve as categorias indígenas e do interior, o campeão do paralelo terá um tempo um pouco maior de descanso. Vale destacar que nos dois últimos dois anos, o campeão do paralelo chegou bem longe.

O Puraquequara faturou o Paralelo em 2013 e só caiu nas semifinais para o Amigos do Felipe Tabuleiro (que acabaria com o título daquela edição). Já ano passado, o Panair venceu o paralelo e também avançou até as semifinais, quando foi derrotado pelo Unidos da Cidade Nova na Colina lotada. Por tudo isso, é bom ficar de olho em quem volta para a competição. 


Publicidade
Publicidade