Sexta-feira, 06 de Dezembro de 2019
DISPUTA ACIRRADA

Portela supera Mocidade por um décimo e conquista o título do Carnaval carioca

A Grande Rio, escola que homenageou Ivete Sangalo e cujo samba-enredo foi composto pelo amazonense Paulo Onça, ficou em 5º lugar.



PORTELA.jpg A Portela levou ao sambódromo um enredo que contou a relação histórica entre a humanidade e os rios (Foto: Leo Cordeiro / Facebook / Portela)

A Portela é a escola de samba campeã do carnaval de 2017 do Rio de Janeiro. Em uma disputa apertada, o título de campeã foi decidido na apuração do último quesito (enredo). A Portela terminou a apuração com 269,9 pontos, apenas um décimo a mais do que a escola que ficou em segundo lugar, a Mocidade Independente de Padre Miguel, com 269,8. A Salgueiro ficou em terceiro, com 269,7 pontos.

A Grande Rio, escola que homenageou Ivete Sangalo e cujo samba-enredo foi composto pelo amazonense Paulo Onça, ficou em 5º lugar.



A Portela levou ao sambódromo um enredo que contou a relação histórica entre a humanidade e os rios, passando também por lendas e religiões. O último título conquistado pela escola tinha sido em 1984.

As escolas de samba são avaliadas em nove quesitos: alegorias e adereços, bateria, fantasia, samba-enredo, comissão de frente, evolução, harmonia, mestre-sala e porta-bandeira e enredo.

As seis primeiras colocadas se apresentam novamente no Desfile das Campeãs, no próximo sábado (4).

Rebaixamento

Este ano, nenhuma escola foi rebaixada para o grupo de acesso por decisão da Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa) motivada por acidentes que deixaram feridos durante a passagem da Paraíso do Tuiuti e da Unidos da Tijuca.

Em 2016, a grande vencedora do carnaval do Rio de Janeiro foi a Mangueira. O segundo e terceiro lugar ficaram com a Unidos da Tijuca e a Portela, respectivamente.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.