Publicidade
Carnaval
Especiais

Quatro candidatas com o mesmo sonho e objetivo: ser a rainha do Peladão 2015

Reunimos as quatro meninas em uma manhã ensolarada no Parque Jefferson Senador Péres. As quatro candidatas se mostraram à vontade para o primeiro ensaio do ano 04/09/2015 às 09:42
Show 1
Para cada uma, em momentos de descontração, pareciam que se conheciam há muito tempo.
Equipe Peladão 2015 ---

Sonhos, vontades, fé e persistência, características que motivam mais de 400 meninas que tem o mesmo objetivo: ganhar o prêmio de R$ 25 mil e um carro zero, e junto com tudo isso, a coroação para rainha do Peladão 2015. Com risadas, histórias e recordações, as quatro candidatas se mostraram à vontade para dividir tudo isso no primeiro ensaio do ano, no Parque Jefferson Senador Péres. Para realizar os sonhos, o primeiro passo é entrar no Reality Peladão a Bordo e se tornar celebridade no Amazonas. Estando no barco, o desafio será conquistar o público.

Reunimos as quatro meninas em uma manhã ensolarada.  Dayse Germano Bezerra, de 21 anos, que representa o time Real Matismo Futebol Clube, Maylin Menezes, de 22 anos, representando o Panair Futebol Clube; Poliane Sousa de Freitas, de 25 anos, que representa o time Puraquequara Futebol Clube e também Taynara Nascimento Alves, representando o H.O Haqueados.

Para cada uma, em momentos de descontração, pareciam que se conheciam há muito tempo. Esse ano dentre diversas candidatas que estão pela primeira vez concorrendo para embarcar no iate de luxo, estão Dayse Germano e Thay Alves.

Para a modelo fotográfica e promotora Dayse Germano, ser rainha do Peladão é ter, acima de tudo, humildade, caráter, beleza, alegria e gostar de ajudar ao próximo. Seu segredo para se preparar para o concurso é simples: muito treino. “Não tem segredo. Estou feliz e confiante.

"Sempre fui magra e cuido bastante do meu corpo. Alimentação para mim é fundamental para estar sempre em forma. Faço caminhada e treino todos os dias”, destacou.

“Acho o Peladão um concurso maravilhoso e que realiza o sonho de várias meninas. O meu maior incentivo é a minha família e amigos, que me apoiam muito e me dão coragem para prosseguir.  Sempre tive esse sonho de ser rainha do Peladão  e poder ajudar minha família e investir nos meus estudos”, finalizou a candidata, que sonha em se formar em abrir uma clínica veterinária.

Também estreando no Peladão, Thay Alves declara que sua expectativa são as melhores. “Darei o melhor de mim e com certeza irei torcer para que seja algo justo e que eu consiga entrar no barco, ficando pelo menos entre as melhores. Afinal, é tentando que se chega lá”, afirmou a recepcionista.

Para ela, a rainha do Peladão 2015 tem que ter uma boa índole, caráter, humildade e espalhar muito amor para as pessoas que a cercam.

Todas tem o mesmo sonho e objetivo. Foto: Winnetou Almeida

Desistir jamais

A estudante May Menezes, como gosta de ser chamada, está tentando pela segunda vez a coroa de Rainha do Peladão. No ano passado, ela ficou em terceiro lugar. O que não a fez desistir de tentar foi sua determinação, fé e persistência.

“Estou me cuidando através de uma boa alimentação e exercícios físicos. Minha expectativa para esse ano é grande, já que no ano passado eu consegui chegar até a final. Não quero decepcionar as pessoas que acreditam em mim. Para mim, o concurso é uma ótima oportunidade para qualquer menina realizar seus sonhos”, disse May ao declarar que ama cozinhar e estar na presença dos seus amigos.

“O que me faz concorrer ao Peladão com certeza é o título de Rainha. Quem me incentiva e apoia nessa caminhada são meus amigos, torcida e principalmente a família”, encerrou.

A fisioterapeuta Poliane Freitas, que concorreu no ano de 2009, disse que agora está se sentindo bem mais preparada para o concurso.

“Estou bem mais preparada e estou cuidando muito bem da minha alimentação e também treinando intensamente. Espero que o concurso seja cheio de emoção,  brindes, brincadeiras e novas amizades”, frisou Poliane que disse que o prêmio lhe ajudará muito para atuar na sua área, montar sua própria clínica e dar entrada no apartamento.

Em números

1973 com mais de 40 anos de disputas, o Peladão também criou uma cultura própria para os concursos de Rainha, com direito a shows, torcida, transmissão ao vivo pela tv e muita participação popular nas eliminatórias.

Ensaio ocorreu em clima harmonioso. Foto: Winnetou Almeida


Publicidade
Publicidade