Terça-feira, 07 de Abril de 2020
Carnaval na Rua

Rainha da Aparecida e do Carnaval, Juh Campos está pronta para arrasar na avenida

Juh, em seu segundo ano na Avenida, além de Rainha de Bateria da Mocidade Independente de Aparecida, também carrega o título de Rainha do Carnaval 2020



aparecia1_88139512-5D18-44C5-A963-7EB69EF0AE2D.JPG Foto: Sandro Pereira
18/02/2020 às 16:10

O ensaio fotográfico com as rainhas de bateria das Escolas de samba do grupo especial de Manaus está chegando ao fim. Para fechar com chave de ouro essa temporada, hoje vamos conhecer a história da rainha de bateria do Grêmio Recreativo Escola de Samba Mocidade Independente de Aparecida, que também carrega o título de Rainha do Carnaval 2020. A faixa tão desejada pela corte do carnaval de Manaus pertence a Juh Campos, uma mulher que chamou atenção de todos que passavam pela Orla do São Raimundo e pelo Mercado Adolpho Lisboa. 

Juh tem 28 anos, é ariana, microempreendedora e atriz. Apesar do peso dos títulos que carrega no Carnaval, tudo é muito recente na trajetória dela com o samba. “Tudo começou ano passado, na agremiação Primos da Ilha, fui coroada Rainha da Escola e me inscrevi para participar do concurso para Rainha do Carnaval e cheguei a ficar em segundo lugar. Eu tinha porte físico, postura, carisma, mas era meu primeiro ano, era inexperiente e não sabia sambar, o samba no pé me fez ficar em segundo lugar. Fui convidada em agosto para ser Rainha de Bateria da Aparecida, aceitei e quando chegou próximo a data do concurso para Rainha do Carnaval, eu me inscrevi novamente, me esforcei, me dediquei bastante para o samba e tive um sonho realizado. Hoje não represento só a minha agremiação, mas sim todas as Escolas de Samba de Manaus”, contou.



Durante o ensaio no mercado Adopho Lisboa, Juh era abordada por muita senhoras, feirantes, turistas e crianças que ficavam encantados com a mulher espetacular que representa o Carnaval de Manaus.

A rotina da rainha mudou completamente. Hoje, ela tem 28 mil seguidores nas redes sociais e se sente honrada com os títulos que carrega no peito. “Tenho trabalhado bastante a minha imagem, tenho ajudado as pessoas no que eu posso, participo de vários eventos e espero representar o Carnaval de 2020 muito bem e agradar a todos. Que seja um ano de muitas conquistas e que o carnaval seja um sucesso para todas as agremiações, rainhas, musas, passista, foliões e todos que trabalharam para realização desse carnaval”, completou.

Trajetória de sucesso

O Grêmio Recreativo Escola de Samba Mocidade Independente de Aparecida é a escola que detém o maior número de títulos no Carnaval de Manaus, com 22 conquistas. Não é a toa que é conhecida como a Soberana Aparecida. A quadra está localizada na rua Ramos Ferreira, bem próximo à ponte que liga o bairro de Aparecida à Zona Oeste de Manaus. A agremiação é carinhosamente apelidada de "Pareca". O nome e as cores verde e branco são inspirados na Mocidade Independente de Padre Miguel, do Rio de Janeiro.

A agremiação levou em 2019 o enredo “Égua maninho! Espia só! Tem açaí, tem tucupi, tem maniçoba, tem carimbó, çairé e siriá, tem boto, tem Yara, tem Marajó... encantaria de arrepiar... tem Ver-o-Peso, rio e mar, tem a Nazinha a abençoar. A Aparecida vem mostrar que aqui também tem Pará” e ficou em terceiro lugar. Esse ano, a escola estará na avenida com com o Enredo “Rituais”.

O diretor de Comunicação da Aparecida Nilo Diogo contou que a noite do desfile promete ser um encanto. “A mocidade Independente da Aparecida vai surpreender todo mundo, nosso enredo está muito rico e quem estiver lá vai ver uma escola rica, como sempre foi. A emoção vai tomar conta de quem estiver no sambódromo e quem estiver em casa acompanhando pela TV A Crítica também. Nós vamos mostrar quem é a mais campeã do carnaval de Manaus”, disse ele. 

Repórter

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.