Quarta-feira, 15 de Julho de 2020
CAMPEÃ do Grupo de Acesso A

Rainha da Mocidade Independente do Coroado mostra todo brilho

Pelas ruas do bairro Coroado, Nádila Serrão exibiu no peito cheio de orgulho a faixa de Rainha de Bateria



rainha_coroado_18B2D6FC-4E06-4938-A57A-1CBEB846EA26.JPG Foto: Euzivaldo Queiroz
04/02/2020 às 14:24

A seção “Carnaval na Rua” do jornal MANAUS HOJE continua levando alegria e mulher bonita em vários pontos da cidade. Nesta semana, o ensaio fotográfico com as rainhas de bateria do Grupo Especial de Manaus, invadiu as ruas do bairro Coroado para mostrar a beleza de Nádila Serrão, que carrega no peito cheio de orgulho a faixa de Rainha de Bateria do Grêmio Recreativo de Samba Mocidade Independente do Coroado.

Ela foi vestida de verde e com muito glamour. Pelas ruas do bairro, as pessoas viram de perto todo carisma e samba no pé que só a rainha tem.



A agremiação é representada nas cores verde e amarelo e tem como símbolo três coroas e um pandeiro. Fica localizada no Centro de Desenvolvimento Comunitário do Coroado, na rua Ouro Preto s/n, Zona Leste de Manaus.  Com 31 anos de existência, a escola iniciou sua história como apenas um bloco, agora, a escola de samba vem se destacando na busca por apresentar um desfile autêntico.

Em 2019, com o enredo “Tapauá, santuário das  Águas”, a Mocidade Independente do Coroado foi campeã do Grupo de Acesso A e avançou para o Grupo Especial. Este ano promete fazer um lindo desfile com o enredo “Do barro ao Petróleo Verde, a mocidade vem coroar o sonho maduro, Iranduba a cidade do futuro”.

O carnavalesco da agremiação Rayan Sá, relatou que as principais característica da Escola de Samba é persistência e muita garra. “Depois de quatro anos no grupo de acesso, viemos ganhando consecutivamente até chegar no especial. E estamos trabalhando para nos manter nele. Vamos mostrar toda nossa garra e a união da nossa comunidade, que todo ano nos surpreende, uma torcida incrível que nos prestigia e lota uma ferradura do Sambódromo, e esse ano não vai ser diferente.  Para isso estamos trabalhando arduamente na confecção de todos os seguimentos. Não tem sensação melhor que a de ouvir a sirene tocar para o início ao nosso desfile, é uma mistura de nervosismo e preocupação que deixa todo mundo eufórico, uma sensação única”,  contou Rayan

Experiente

A rainha de bateria Nádila Serrão é aquariana, tem 22 anos, mora no Conjunto Nova República e é mãe de uma princesinha chamada Sarah. Hoje, Nádila é estudante de Logística e desde a adolescência é envolvida no samba. “Comecei no samba com 14 anos, como destaque no grupo de acesso Império de Mauá,  da minha antiga comunidade do Mauazinho. Dei uma parada por um tempo e em 2018 fui rainha de bateria de lá. Ano passado fui convidada para musa de bateria da Mocidade Independente do Coroado, aceitei o convite e esse ano fui aclamada rainha de bateria”, contou.

A agremiação está em um momento ímpar e Nádila contou sobre esse sentimento de todos que estão envolvidos nessa fase. “Toda escola está fazendo um trabalho árduo, para que possamos fazer um belíssimo desfile. Espero que Deus abençoe todos que estão envolvidos, que a noite do desfile seja um sucesso e que assim que ultrapassarmos a linha amarela, todos vejam o trabalho brilhante de um ano inteiro de comprometimento, de todos que amam a avenida do samba. Pra mim é uma honra e a sensação é incrível ser a rainha de bateria do grupo especial Mocidade Independente do Coroado”, completou.

Repórter

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.