Sexta-feira, 06 de Dezembro de 2019
CARNAVAL 2017

⁠⁠⁠Reino Unido da Liberdade é campeã pela 11ª vez do Carnaval amazonense

Com o tema 'No Reino das fontes de vida, o Morro em movimento sustentável faz a diferença', a escola do Morro da Liberdade conquistou o Bicampeonato



27/02/2017 às 12:48

A Reino Unido da Liberdade é a grande campeã do Grupo Especial do Carnaval amazonense. A agremiação, que este ano levou para o Sambódromo o tema da sustentabilidade, foi a quarta escola a desfilar no último sábado, quando oito grandes agremiações apresentaram belos e diversificados  enredos.

A escola de samba do Morro da Liberdade somou 268,50 pontos e faturou seu 11° título no Carnaval amazonense. O segundo lugar ficou com a Vitória Régia que somou 266,9, seguido pela Grande Família com 266,8 pontos.



“Nós enfrentamos muitas dificuldades mas fizemos um grande trabalho. A Reino Unido é uma escola de samba de comunidade e dedico esse título às pessoas humildes do Morro”, comentou o presidente Jairo de Paula Beira-Mar.

Antes da apuração foi feito o pronunciamento do diretor de Carnaval da União das Escolas de Samba do Amazonas (Uesam), Fabrício Nascimento: é que a caixa que continua as notas dos jurados, e que estava lacrada, foi aberta por engano durante a leitura das notas das agremiações do acesso. Após o erro, a caixa foi  encaminhada para a direção da Ceesma até chegar a hora da leitura correta. “Na ânsia de começar logo a apuração nós não percebemos que a caixa lacrada era do Grupo Especial”, esclareceu.

A obrigatoriedade de entrega em tempo hábil a Ceesma de informações como o áudio do samba-enredo e a ficha técnica provocou a perda de 1 ponto para quatro escolas: Aparecida, Alvorada, Andanças e Vila da Barra.

A Unidos do Alvorada foi penalizada em 2 décimos por exceder o tempo de desfile em 2 minutos  (apresentou-se em 72 minutos quando o limite era 70min).

Um aparato de 72 policiais militares foi designado para atuar na a segurança da apuração, informou a corporação.

Desfile

A Reino Unido da Liberdade iniciou seu desfile às 0h05 deste sábado (25) com o tema "No Reino das fontes de vida, o Morro em movimento sustentável faz a diferença", a escola entrou no Sambódromo com vontade de ser campeã aliando em sua apresentação a genialidade do enredo à garra do povo da Zona Sul. 

O presidente da Reino, Jairo Beira-Mar, destacou a emoção como um ponto forte da escola em 2017, e mostrou confiança. "A emoção e a criatividade de trazer o povo da floresta pra brincar o Carnaval aqui no Sambódromo é coisa que nunca imaginávamos fazer. Trouxemos as comunidades da FAS, trouxemos alguma pesquisadores nativos, e os próprios nativos das comunidades. Mais somado à emoção do desfile da Reino Unido e agora é esperar o título", analisou ele.

Com muito verde, simbolizando a sustentabilidade, a Reino Unido trouxe no carro abre-alas animais e plantas amazônicas. Duas onças pintadas que movem as cabeças impressionam o público presente. A alegoria foi uma das maiores vistas no desfile deste ano e tem cerca de 30 metros de comprimento.

As alas seguintes da Reino entraram na floresta e associam ribeirinhos, pássaros, borboletas e outros animais ao tema sustentabilidade. Tribos indígenas concluíram o desfile sendo representados tanto nas fantasias como no último carro alegórico, dando ênfase à figura nativa no conceito do meio ambiente.

Bicampeã do Estandarte do Povo

O Grêmio Recreativo Escola de Samba Reino Unido da Liberdade também ganhou em todas as categorias e foi consagrada a bicampeã do Estandarte do Povo com 448, 60 pontos.

A premiação é concedida pela Rede Calderaro de Comunicação, aos melhores do Carnaval de Manaus em diversas categorias, desde 1970, por iniciativa do fundador do grupo Umberto Calderaro Filho.

 


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.