Publicidade
Carnaval
Especiais

Reino Unido da Liberdade quer comunicar e encantar na avenida

Antenada com a modernidade, com o tema “Na arte de se Comunicar vem meu Reino Encantar” escola de samba vai falar da comunicação 03/02/2016 às 17:49
Show 1
Detalhe de alegoria no galpão "Luizinho Sá, na Morada do Samba..."
Paulo André Nunes Manaus (AM)

CONFIRA A GALERIA DE IMAGENS

O desafio foi lançado e a Reino Unido não é de fugir dele! É assim desde os tempos em que era bloco no Morro da Liberdade, há 34 anos. E para este Carnaval de 2016 a escola de samba vem mostrar as diferentes formas de se comunicar utilizadas até hoje pela humanidade. Com o enredo “Na Arte de se Comunicar vem meu Reino Encantar”, a agremiação do bairro da Zona Sul vai para a passarela do samba contar a história da comunicação dos tempos das cavernas até os dias de hoje. Tudo com a alegria dos seus 4.500 componentes distribuídos em 33 alas.

O irreverente samba-enredo deste ano da verde e branco do Morro da Liberdade segue a linha que a escola de samba pretende adotar na avenida, que é fazer a junção “primórdios da comunicação” às “tecnologias dos tempos atuais”, inclusive abordando as famosas redes sociais que vêm atingindo cada vez mais um número maior de pessoas em todo o mundo.

Composta por Marquinhos Negritude, Bosquinho Poeta, Wanderley Freitas, Ney Butika, Elvys de Paula, Marcão da Reino e Herlon Muleke do Banjo, ele traz trechos que vão em sintonia com o enredo, como o refrão “Mandei pombo correio, fumaça no ar / Email e carta pra te avisar / Twitter, Whatsapp você nem olhou / Sua fantasia o outro usou”. Ou seja: a Reino Unido está literalmente antenada com as novas tecnologias.

Na rua

Ao que parece, a comunicação entre a Reino Unido e seus componentes é a melhor possível. É o que se viu, por exemplo, durante os ensaios técnicos realizados pela escola de samba em frente à sua quadra e adjacências do Morro da Liberdade, que reuniram um grande número de torcedores e simpatizantes da verde e branco. Foi assim, por exemplo, nas concentrações organizadas nos bairros da Betânia e Santa Luzia, quando o diretor-geral de Harmonia, Clemilton Pinto, o mestre de Bateria Dalton de Oliveira e os demais diretores se esmeravam para deixar tudo ensaiado para o grande dia. Tudo sob a supervisão do presidente Jairo Beira-Mar.

Do rio pra cá

Responsável por comandar a bateria que é conhecida como “Furiosa”, o Mestre Dalton Trindade de Oliveira está na Reino há 3 anos, mas esteve anteriormente na agremiação de 1988 a 1995. Carioca, ele traz na bagagem a larga experiência na Beija-Flor: foi ritmista da bateria de Nilópolis desde os 14 anos de idade, e toda a técnica que utiliza na bateria vem da Beija-Flor.

“Tudo o que eu sei de percussão eu aprendi lá e aplico aqui na Reino Unido. E vejo que o ensino que eu estou repassando para a garotada tem sido assimilado em toda a cidade. E cada vez mais me prendendo a Manaus”, diz ele, que desde 2013 priorizou a grêmio recreativo em vez da escola do histórico Neguinho da Beija-Flor. A média dos ritmistas de uma bateria varia de 240 a 270 componentes, mas para as dimensões de uma bateria como a do Reino Unido, ela vem com 300 ritmistas, informa Mestre Dalton.

“Este ano teremos sete paradas, emendadas uma na outra, e três coreografias que os senhores verão no final”, garante ele. Hoje, cerca de 2 mil brincantes participam do ensaio técnico geral na passarela do samba, o Sambódromo (a atividade deve iniciar por volta de 23h) após o ensaio de outras três escolas de samba: Mocidade de Aparecida (20h), Sem Compromisso (21h) e Unidos do Alvorada (22h).

Reino globalizado

O dom de se comunicar se reflete na globalização da escola atualmente. De acordo com o diretor de Comunicação da Reino Unido, Ivan de Oliveira, a agremiação não é mais do Morro da Liberdade: é do Brasil e do mundo. “É que em várias partes do Brasil e do mundo existem pessoas apaixonadas pela Reino. Muitas dessas pessoas vieram para cá, se envolveram com a escola e conheceram mulheres e maridos nos eventos da escola”, comenta ele.

Ficha técnica

Reino Unido da Liberdade

Fundação: 05.09.1981

Enredo: “Na arte de comunicar, vem meu reino encantar”

Carnavalesco: Antonio Wagner

Alas: 33

Componentes: 4.500

Publicidade
Publicidade