CAUXI

Segundo lote de ingressos para o bloco do Cauxi Eletrizado já está disponível

A já tradicional banda de Carnaval de Manaus acontece na Segunda-feira Gorda, 4 de março, na Arena da Amazônia, com 12 horas de música e longa programação

ACRÍTICA.COM
26/02/2019 às 12:59.
Atualizado em 11/03/2022 às 11:44

(Foto: Arquivo A Crítica)

Faltam poucos dias para um dos mais esperados blocos de Carnaval de Manaus. Na Segunda-feira Gorda, 4 de março, o Cauxi Eletrizado comanda a folia no pódio da Arena da Amazônia, com a bateria da Mocidade Independente de Aparecida, as bandas Alaídenegão, Cabocrioulo, Os Tucumanus e DJ Tubarão, além do grupo paraense Gang do Eletro e participações de Uaná System e Juca Culatra em 12 horas de música.

Os ingressos de segundo lote estão disponíveis por R$ 32 nas lojas ADJI (Amazonas Shopping e Manauara Shopping) e MG Surf (Grande Circular e Sumaúma) e R$ 36 no site Ingressofly.com. Na hora, os bilhetes custarão R$ 40, na bilheteria.

A programação da festa começará às 16h, com o DJ Tubarão, que também assume as pick ups nos intervalos entre as atrações. Integrante do line up do bloco há sete anos, Tubarão promete um set de música brasileira, com versões autorais para a ocasião. “Estou sempre pesquisando e trazendo versões exclusivas para o bloco. Nesta edição, tem samba, em diferentes estilos, maracatu e as tradicionais marchinhas”, adianta o DJ. “A cada ano, apresento novidades em releituras”.

Em seguida, às 17h, será a vez da bateria da Mocidade Independente de Aparecida, que trará desde sucessos de Wanderley Andrade até carimbó em batida de samba.

A banda anfitriã, Cauxi Eletrizado, formada pelos músicos da Alaídenegão, Cabocrioulo e Os Tucumanus, sobe ao palco às 18h e, até 20h, exibirá um repertório composto por frevo e marchinhas. “Neste ano, as versões novas serão de clássicos do Geraldo Azevedo, Tim Maia e Raça Negra e o diferencial será o Bloco Regional, com toadas de Garantido e Caprichoso em ritmo de frevo”, conta Clóvis Rodrigues, vocalista de Os Tucumanus.

O grupo Gang do Eletro fechará a noite, com apresentação a partir das 2h. O show terá a participação da cantora e compositora paraense Thais Badu, uma das grandes apostas paraense da música pop, cantando sobre temas como negritude e questões sociais.

Compondo também o time da Gang, o cantor e compositor Juca Culatra apresentará uma mistura de carimbó com eletrônico enquanto o projeto Uaná System, duo audiovisual criado em Belém, por Waldo Squash e o artista visual Luan Rodrigues, levará para a pista de dança uma viagem audiovisual, repleta de psicodelia e groove, onde a tradição de ritmos amazônicos como carimbó, siriá, lundu, cumbia, guitarrada e música eletrônica.

Serviço

O quê: Bloco Cauxi Eletrizado, com bateria da Mocidade Independente de Aparecida, Alaídenegão, Cabocrioulo, Os Tucumanus, DJ Tubarão, Gang do Eletro e participações de Uaná System e Juca Culatra

Quando: 4 de março, segunda-feira, a partir das 16h

Onde: Arena da Amazônia, avenida Constantino Nery, 5.001, Flores

Quanto: R$ 32 o segundo lote nas lojas ADJI (Amazonas Shopping e Manauara Shopping) e MG Surf (Grande Circular e Sumaúma) e R$ 36 o segundo lote no site Ingressofly.com. Na hora, os bilhetes custarão R$ 40, na bilheteria

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
© Copyright 2022Portal A Crítica.Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por
Distribuído por