Publicidade
Carnaval
Especiais

Times mostram seus trunfos em campo nos jogo da semifinal do Master no Peladão 2015

O Central do Coroado encara o M.C. Mercadinho Amigos da Janca na semifinal da categoria Master do Peladão Brahma 2015 neste sábado às 16h30 no estádio Osvaldo Frota, Zona Norte 11/12/2015 às 10:37
Show 1
Vale mais a experiência de boleiro ou a adrenalina de estreante?
equipe peladão 2015 ---

De um lado um time recheado de ex-profissionais e que busca o bicampeonato. Do outro, o adversário formado por amigos que cresceram jogando pelada no São Raimundo e, com nova formação, estréiam na competição.

Assim, o Central do Coroado encara o M.C. Mercadinho Amigos da Janca na semifinal da categoria Master do Peladão Brahma 2015 neste sábado às 16h30 no estádio Osvaldo Frota, Zona Norte.

Legião de amigos em plena forma

A boleirada do M.C. Mercadinho Amigos da Janca continua invicta na competição e apostou no bom relacionamento entre os jogadores como fórmula para montar um time competitivo. “Fizemos um time de amigos, procuramos as pessoas com afinidade e todos concordaram”, explicou o técnico da equipe, Marcílio Brito.

O comandante ressalta que devido o time não ter tempo para treinar, por causa do trabalho, os atletas se preparam individualmente e alinham o esquema tático durante os jogos. No entanto, o treinador aposta no talento de algumas peças-chaves que podem conduzir o time à decisão, como o jogador Alberto, tricampeão do Norte pelo São Raimundo e autor do único gol que garantiu o tricampeonato ao Tufão em 2001 diante do Paysandu.

Passados 14 anos, o volante afirma estar em forma para levar o M.C. Mercadinho para mais uma decisão.

“Não tenho mais aquele lance de treinar, mas é claro que damos valor ao nosso time e mantemos a forma durante a semana. Espero vencer o jogo e chegar pela primeira vez à final. O nosso time, o Central e o Amigos do Jader, convivemos no mesmo ambiente e nos conhecemos nos campos de pelada. Que vença o melhor”, enfatizou.

Marcílio também destaca outros boleiros de linha de frente que pode confiar, como o artilheiro da equipe, Olhão, com nove gols marcados, o volante Charles, além do zagueiro Carlinhos Bagana.

O treinador também explica que da boleirada que se reunia para jogar pelada há anos, deu para formar dois time e ambos estão na seminal do Peladão Master: M.C. Amigo do Janca e Amigos do Jader, que encara o Ribeiro Júnior na outra semifinal.

Aqui o que não falta é campeão

Do lado do Central do Coroado, os boleiros do técnico Gilmar Queiroz, o “Cabeça”, buscam o bicampeonato. Com uma média de seis gols por partida, o Central impões respeito a qualquer time. Na rodada passada a vaga veio nas penalidades, em cima da Feira da Banana. Invictos na competição, o time levou apenas dois gols com bola rolando chegando a oito vitórias e apenas um empate.

“Começamos os trabalhos em março deste ano, reunimos a base, fomos campeões no campeonato do campo do Cean e temos o mesmo time no Peladão”, lembrou Cabeça, ao acrescentar que os jogadores fazem treinos individuais e utilizaram o campeonato do Cean como laboratório para o Peladão Master.

Apostando no talento de ex-craques do São Raimundo como o goleiro Carlinhos, Eraldo, Guara, entre outros, o Central também aposta no artilheiro da equipe, Oscar, conhecido por marcar gols em todas as decisões que o time participou.

“A expectativa sempre é boa, o outro time tem jogadores experientes como o Alberto, Carioca... Vai ser um bom jogo e não será fácil, até pelo fato de todos se conhecerem”, frisou o camisa 9 do time, Oscar, três vezes campeão na categoria principal e três pelo master.

Para o técnico do time, vencer o Amigos do Janca não será nada fácil, mas a determinação dos jogadores fala mais alto e ele ressalta que todos estão em sintonia para superar mais uma batalha em campo. “O Amigos do Janca é um bom adversário, não vai ser moleza passar por eles. A vitória será decidida nos detalhes”, enfatizou Cabeça.

Publicidade
Publicidade