Publicidade
Esportes
Craque

1º Beach Tennis Open: primeira competição de tênis de praia de Manaus conhece seus campeões

Torneio de estreia da modalidade - que é febre nas areias de todo o mundo - na capital foi um sucesso e reuniu mais de 25 duplas em duas categorias. Dupla formada por professor e aluno do tênis de quadra ergueu o trofeu na final deste domingo (6)  06/12/2015 às 15:15
Show 1
1º Beach Tennis Open foi a competição de estreia do esporte em Manaus.
Denir Simplício Manaus (AM)

Disposição, areia e muito suor. Ingredientes que não faltaram na final do 1º Beach Tennis Open 2015 na manhã deste domingo (6), na Mini Vila Olímpica do Coroado, na Zona Leste de Manaus. A competição de estreia do esporte na capital teve início na última quarta-feira (2) e contou com a participação de 58 atletas em sistema eliminatório. Na grande decisão quem levou a taça de abertura do evento, que promete se tornar mania nas praias da cidade, foi a dupla Baiano e Álvaro, professor e aluno do tênis de quadra.

O torneio foi o primeiro do tênis de praia em Manaus e, mal desembarcou em Manaus o Beach Tennis já caiu no gosto do manauara, principalmente dos praticantes do tênis de quadra. A prova disso foi a imensa participação de atletas dos clubes que ensinam a modalidade na capital. Um dos campeões do torneio, Anderson Nascimento, 34, o Baiano, é professor de tênis e explicou sobre o novo esporte.


"Na verdade é tudo posicionamento e tempo de bola, que você vai aprendendo dentro do jogo. O posicionamento no tênis é totalmente diferente. No tênis a bola, inicialmente, tem de tocar primeiro no chão. No beach tennis você não pode deixar que a bola caia, se não você perde o ponto", analisou Baiano, que é professor Álvaro Pontes, 27, seu parceiro na competição. Na finalíssima do Open, a dupla Baiano e Álvaro venceu a dupla Rone e Samuel por 2 sets a 1.

Nas areias na Ponta Negra

Idealizador e organizador do 1º Beach Tennis Open, Ricardo Fixe, é professor de tênis e disse estar muito satisfeito com a realização do primeiro evento da modalidade na cidade, principalmente pelo fato de a chuva não ter atrapalhado o evento.

"A avaliação é nota 10. Estou muito feliz porque normalmente nesse mês de dezembro aqui em Manaus chove muito e, em muitos anos não acontecia e aconteceu agora, não interrompeu em nada a chuva. O torneio começou na quarta-feira e terminou hoje e não choveu nenhum dia durante a competição", festejou Fixe.


O torneio teve boa procura por parte do público para uma modalidade ainda pouco conhecida pelo amazonense. Tanto que Ricardo Fixe revelou que uma segunda edição do Open está programada para a segunda quinzena deste mês de dezembro na praia da Ponta Negra, na Zona Oeste da capital.

"O próximo evento vai ser na Ponta Negra nos dias 18, 19 e 20 de dezembro e a expectativa é de termos mais de 200 pessoas. Porque nós vamos utilizar três quadras e teremos jogos simultâneos ocorrendo", disse Fixe, explicando que mais de cem duplas são esperadas no próximo Open e que o torneio será dividido em três categorias: a categoria A, a B (numa espécie de ranqueamento) e a de equipes mistas.    

Publicidade
Publicidade