Quarta-feira, 01 de Abril de 2020
COPA DO BRASIL

12 anos depois: Fast reencontra Goiás nesta quarta (5) na Copa do Brasil

Confronto está marcado para 21h30 na Arena da Amazônia. O primeiro embate das equipes foi no dia 2 de abril de 2008. Na época, no antigo Vivaldo Lima, o Goiás levou a melhor



zCR0205-01_p01_3A5A09DD-B698-4966-8F79-9A55452117A7.jpg Foto: Sandro Pereira/Freelancer
05/02/2020 às 10:59

No primeiro desafio a nível nacional de 2020, o Fast enfrenta o Goiás, nesta quarta-feira (5), às 21h30 (Manaus), na Arena da Amazônia, na Zona Centro-Sul. O confronto é válido pela primeira fase da Copa do Brasil e marca a sétima participação do Rolo Compressor na competição.  

Será o segundo duelo entre os clubes  na história. No longínquo 2 de abril de 2008, as equipes se enfrentaram pela segunda fase do mesmo torneio, no antigo Vivaldo Lima, tendo o Goiás levado a melhor. Na época, o Tricolor  acabou eliminado por 3 a 1, no que se tornou  a  melhor campanha do Fast  na Copa do Brasil até hoje. 



Anunciado no   Fast Clube em novembro do ano passado,  Wladimir Araújo conhece bem o Goiás, por onde atuou como treinador das categorias de base em 2009, e como técnico do time principal em  2010. Hoje no comando do  Tricolor de Aço, Wladimir também enfrentou duas vezes o time esmeraldino pelo campeonato goiano, onde acumulou duas derrotas. Em 2016, perdeu por 5 do Trindade. Mais recentemente, em 2019, acabou derrotado por 1 a 0 treinando o time do  Novo Horizonte.

“O elenco mudou algumas peças, mas manteve uma base. Trabalhei contra eles no Novo Horizonte, tivemos uma derrota, tivemos um grande jogo, o Michael (hoje no Flamengo) fez o gol. Então é uma equipe  de Série A, mas o Fast tem essa oportunidade, esperamos contar com o nosso torcedor. Nós viemos de uma vitória no clássico e esperamos corresponder mais uma vez e sair com a vitória”, disse o comandante fastiano.

“Não adianta ter só sorte, a gente tem que trabalhar, ter a competência, e com o apoio do nosso torcedor, que a gente possa transmitir aos jogadores o melhor dentro de campo”, completou o treinador.

Atenção esmeraldina

O treinador do Goiás, Ney Franco revelou que analisou os últimos jogos do Fast Clube. E, de acordo com o técnico esmeraldino, alguns jogadores do Rolo Compressor  terão atenção especial no confronto.

“A gente pegou os últimos jogos do Fast nesta  temporada. É uma temporada que começou difícil, mas a referência nossa é muito em relação ao último jogo contra o Nacional, que ele venceu de 2 a 0. Alguns jogadores se destacaram. Entre eles, o Léo Mineiro, que é um meia de ligação. O Ray, que é atacante de beirada... o Rangel se mostrou um goleiro seguro, e o Dadá tem uma segurança no meio de campo”, ponderou  o treinador.

News 48367672 1136721996505445 2342939255929569280 n 2dad860c 0057 4e2e b7f5 f53181960f2f
Repórter do Craque
Jornalista formado na Ufam, campus de Parintins. Estudante de pós-graduação em jornalismo esportivo na Universidade Estácio de Sá. Repórter do Caderno de Esporte ‘Craque’ de A Crítica desde novembro de 2018.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.