Publicidade
Esportes
Craque

8ª edição do Big Way Fight Night promete agitar os fãs do MMA neste sábado (12)

Evento, que reunirá a nata dos lutadores amazonenses, terá dez lutas no card principal. Destaque para os combates femininos e a disputa do cinturão dos pesos palha (até 52kg) entre Alex “Pio” Rodrigues e Erbert “Boyca” da Silva 11/09/2015 às 13:49
Show 1
Card da 8ª edição do Big Way Fight Night terá 11 combates.
Denir Simplício Manaus (AM)

Guerreiros e guerreiras dos octógonos entrarão em ação em mais uma edição do Big Way Fight Night neste sábado (12), na academia Nova União, no bairro Alvorada, na Zona  Centro-Oeste de Manaus. O evento, que já se tornou tradicional na cidade, terá 11 combates no card de feras do MMA amazonense. Entre os combates da noite, três lutas entre mulheres e a briga pelo cinturão dos pesos palha.

O evento não poderia acontecer em outro local, a academia Nova União/MPBJJ, do professor Márcio Pontes, é o berço de “monstros” do MMA do quilate do maior campeão peso por peso do UFC, José Aldo, e do mais novo contratado do Ultimate, Dileno Lopes. No card da 8ª edição do BWFN o destaque maior é para a luta entre Alex “Pio” Rodrigues vs. Erbert “Boyca” da Silva.

Na pesagem oficial na manhã desta sexta-feira (11), todos os combatentes tiveram que bater o peso para poder entrar no octógono no sábado. Sob o olhar atento do organizador do evento, Rafael Ceará, lutadores e lutadoras estavam no limite da fadiga física e da vontade de comer. Muitos tiveram que lonas e grossas camadas de roupa para conseguir bater o peso estipulado pela organização.

Drama de Alex, Michel Costa e Rakel Gomes

Entre os que estavam na luta para bater o peso estava Alex Pio Rodrigues. O lutador de 23 anos é uma das revelações do MMA local e fará o principal combate da noite. “Meu peso normal é 65 kg e tenho de bater 52,9 kg. Esse é o momento mais complicado pra gente que luta. Ter de bater o peso é muito mais difícil do que a preparação pro combate”, explicou o especialista em Jiu-Jitsu, que treina quatro horas por dia, cinco dias por semana.

Para o oponente de Alex Pio na luta do 8º BWFN, Erbert Boyca, 18 anos, perder peso foi difícil, mas o momento agora é de ganhar peso e descansar para o combate. “Perdi muito peso esses dias para bater a pesagem. Agora é comer bastante para chegar bem amanhã (sábado) e dar o meu melhor no octógono.


Para Michel Costa, que fará a quarta luta da noite, as dificuldades foram ainda maiores. Mesmo batendo o peso necessário para o combate, o lutador, que nasceu em Maués (distante 276 quilômetros da capital), teve de tomar soro para se recuperar à tempo para a luta contra Waltercy Júnior.

“Foi duro bater o peso, mas graças a Deus consegui. Tenho sonho de entrar no UFC um dia e pra isso vale o sofrimento”, comenta o guerreiro que trancou a faculdade de Enfermagem na UEA para se dedicar ao octógono.  


O drama da lutadora Rakel Gomes não foi menor. A especialista em Luta Livre esportiva e Muay Thai vai pro octógono para substituir a própria instrutora – Lala Mesquita se machucou - e teve apenas 20 dias de preparação.

“Estou substituindo minha instrutora e fiz o possível pra baixar de 61kg para 52,9kg. Estou a três dias sem comer, acho que dois dias sem tomar água só pra bater o peso. Fiz o meu melhor, mas não consegui. Mesmo assim vou pra luta”, revelou a guerreira, sabendo que perdeu pontos para o combate Gerdrya Pereira.


Guerreiras amigas

O Big Way Fight Night terá três lutas entre as mulheres e um dos combates reúne duas lutadoras que são amigas. Trata-se de Gilsely Pêrea vs Valéria Reis. Pêrea nasceu na fronteira entre Brasil e Colômbia e traz no sangue andino nas veias. “Tenho irmãos que nasceram na Colômbia. Meu avô é peruano... é uma mistura. Mas eu nasci no Brasil”, conta a moça, que pratica luta livre há cinco anos.


Pêrea vai pro combate com uma adversária bem conhecida dela. Valéria Reis e Pêrea se conhecem e até brincaram no momento da encarada. “Nós já nos conhecemos. A parte mais engraçada é na hora da encarada. Não conseguimos ficar sérias e acabamos rindo... é engraçado”, brinca a lutadora, que assim como a amiga Pêrea é fã na norte-americana Ronda Rousey.

A 8ª edição do Big Way Fight Night terá início às 19h30, na academia Nova União, na rua 8, no bairro Alvorada 2, na Zona Centro-Oeste de Manaus.

Confira o card de lutas do evento:

1ª luta - Desafio Muay Thai Kids

2ª luta – Lucas Alfaia vs Delmar Guimarães – (até 57kg)

3ª luta – Kleyson Silva vs Joel da Fé – (até 66kg)

4ª luta – Michel Costa vs Waltercy Júnior – (até 52kg)

5ª luta – Gerdrya Pereira vs Rakel Gomes – (até 52kg)

6ª luta – Júnior Pezão vs Elvis Júnior – (até 66kg)

7ª luta – Gilsely Pêrea vs Valéria Reis – (até 52kg)

8ª luta – Lucas Ananias vs Anderson Pereira – (até 61kg)

9ª luta – Felipe Suricato vs David Miranda – (até 57kg)

10ª luta – Ketlen Vieira vs Laet Pereira – (até 61kg)

11ª luta – Alex “Pio” Rodrigues vs Erbert “Boyca” da Silva – (até 52kg)


Publicidade
Publicidade