Publicidade
Esportes
Seis anos depois!

RCC volta a realizar Copa A Crítica de dominó e inscrições começam nesta segunda (14)

Esta será a sexta edição do evento, que não acontecia desde 2012. A premiação em dinheiro da competição totaliza R$ 28 mil 11/05/2018 às 23:13 - Atualizado em 14/05/2018 às 17:24
Show domin
Antigos campeões da Copa de dominó pretendem repetir o feito este ano. (Foto: Evandro Seixas/A Crítica)
Jéssica Santos Manaus - AM

A Copa A Crítica de Dominó, realizada pela Rede Calderaro de Comunicação (RCC), está de volta para a alegria dos amazonenses. Esta será a sexta edição do evento, que não acontecia desde 2012, quando contou com o número expressivo de 1.464 duplas participantes. As inscrições começam nesta segunda-feira (14), e seguem até o dia 26 de maio, na sede do Peladão, que fica na rua Joaquim Sarmento, 270, Centro de Manaus.

“As pessoas me perguntam, quando vai ter o dominó. ‘E o dominó dos famosos?’ Sempre me perguntam e agora posso dizer que ele está de volta!”, afirma o coordenador geral da Copa A Crítica, Arnaldo Santos. “O número de pessoas que nos procuraram e que nos cobram a respeito do torneio é grande, então chegou a hora de ele voltar. Fico muito feliz porque o dominó é uma forma alegre e descontraída de você passar o tempo. No meio disso, há aqueles que possuem maior inteligência, que sabem fazer leituras de jogo”, disse Arnaldo.

Neste ano, a saga para se tornar a melhor dupla do dominó amazonense recomeça, e todas as duplas vão jogar pelo prêmio de R$ 20 mil, mais um freezer cheio de cervejas oferecidos à dupla vencedora. A dupla vice-campeã vai ganhar R$ 5 mil mais um freezer com cerveja; a terceira colocada recebe um prêmio de R$ 2 mil e a quarta colocada R$ 1 mil.

Regulamento

A primeira fase da VI Copa A Crítica de dominó terá duas etapas (classificatórias), realizadas em dois domingos consecutivos. A primeira será no dia 2 de junho, e a segunda etapa, no dia 10 de junho. A segunda fase será dia 17 de junho e a terceira, dia 23 de junho, ambas fases eliminatórias, com local de realização a ser divulgado.

“A partir das quartas, os vencedores e semifinalistas vão direto para um hotel, e ficam lá até o momento das decisões”, explica Arnaldo. As decisões serão na praça Heliodoro Balbi, conhecida como Praça da Polícia, no Centro. “Ali sempre foi o centro nervoso de Manaus com o dominó”, relembra Arnaldo.

Chave dos famosos

Além do torneio aberto, a Copa A Crítica vai realizar mais uma vez a “chave dos famosos”.  Trinta e duas duplas convidadas pela organização do evento participarão do torneio. “Nós vimos que várias personalidades da cidade também queriam jogar, então decidimos fazer a chave destinada aos chamados ‘famosos’ para que eles também participem da festa”, explica Arnaldo.

De olho no torneio

Ademir Guimarães e Zé Rodrigues foram os campeões da 3ª edição da Copa A Crítica, em 2009. Eles lembram com alegria da conquista. “Quando se chega a uma final, dá frio na barriga, ainda mais porque a tevê estava cobrindo o jogo. Nós ganhamos e foi muito maravilhoso, sonho realizado. Somos conhecidos por todos do dominó na cidade”, conta Zé. Seu parceiro, Aldemir, anuncia que vem mais por aí. “Nunca parei de jogar, quase todo sábado jogo com amigos, e vamos lá, eu e o Zé batalhar por mais uma vitória”.

Geziel é apaixonado por dominó, então, ficou muito feliz com a notícia do retorno da Copa A Crítica. "É uma das melhores notícias que recebi este ano. Amo jogar dominó. Acredito que a comunidade vai ficar em festa ao saber porque todo jogador de dominó quer ser campeão da Copa A Crítica, e eu não sou diferente deles nisso. Agora é afinar as jogadas com o parceiro e focar nos treinos", disse.


 

Quem também pretende participar da Copa A Crítica é Marcos Lopes. Fã das pedras, ele conta que uma vez chegou na fase decisiva do torneio, e que vai tentar chegar ainda mais longe este ano. "Espero que eu consiga um bom jogador para formar dupla, e que possamos chegar ao título", disse ele, que já venceu torneios no Clube Municipal.

Regras específicas

A Copa A Crítica possui regras específicas. Os jogos serão disputados em melhor de até três partidas de 200 pontos cada uma. A dupla que vencer duas partidas vence o jogo. Não são admitidos gestos ou sinais de qualquer tipo entre os parceiros das duplas durante o jogo. A dupla pode ser advertida ou até desclassificada se bater as pedras na mesa, derrubá-las ou contar os pontos de forma incorreta, por exemplo.

“As regras são rígidas nesse sentindo. Advirto que temos olhos eletrônicos, e qualquer combinação é passível de desclassificação”, destaca Arnaldo. É importante que os participantes leiam o regulamento completo da Copa.

Inscrições

Para se inscrever, as duplas devem se dirigir à Sede do Peladão, que fica na Rua Joaquim Sarmento, 270, no Centro, entre os dias 14 a 26 de maio, levando original ou cópia legível de um documento de identidade oficial – é necessário ser maior de idade para se inscrever. As inscrições são gratuitas.

Publicidade
Publicidade