Quinta-feira, 23 de Janeiro de 2020
Craque

A Crítica transmite ao vivo jogo entre Fast e São Raimundo pela 6ª rodada do Amazonense

Tricolor de Aço e Tufão se enfrentam neste sábado, às 15h, no estádio da Colina, Zona Oeste de Manaus



1.jpg Técnico Ney Jr acredita que tem um grupo forte que pode jogar bem mesmo com os desfalques
21/03/2015 às 15:04

ASSISTA AO VIVO

Fast e São Raimundo protagonizam, neste sábado (21), às 15h, no estádio da Colina, o clássico da sexta rodada do Barezão. Porém, se o que não falta é rivalidade entre as duas equipes, não faltarão problemas também. Com desfalques, o Fast busca voltar à sequência de vitórias enquanto o Tufão busca se firmar no campeonato.



Mesmo embalado no campeonato e com um grupo formado por bons jogadores e que vêm construindo grandes resultados, o técnico Ney Jr prega o respeito ao adversário. “Todos os jogos são difíceis. Não é porque ganhamos de 4 a 0 que o jogo foi fácil e eu respeito a equipe do São Raimundo”.

Para a partida de sábado, o treinador não contará com Rosembrick, que levou o terceiro amarelo contra o Operário, e com Felipe expulso no último jogo, mas Ney Júnior não considera que esses desfalques causem maiores prejuízos.

“Nós temos um grupo e todos têm a mesma importância. É sai um e entra outro não tem outra forma. Perdemos um jogador de muita qualidade, mas temos jogadores que podem entrar no lugar dele e fazer uma boa partida”

Problemas no Tufão

O São Raimundo enfrentou nas duas últimas rodadas times que estão na parte de cima da tabela. Primeiro foi o Nacional, no Clássico Azul, no último domingo, foi a vez de encarar o vice-líder Penarol e neste sábado, o Tufão terá outra pedreira pela frente. O Fast Clube. Mas além das dificuldades naturais que uma partida apresenta, o treinador Eduardo Clara precisou resolver outras dificuldades antes mesmo do início da partida.

O time da Colina vem revezando o treinamento entre os campos do km 42 da AM 010, um campo no bairro da Ponta Negra e no estádio da Colina, porém a equipe não conseguiu reservar o estádio em decorrência das chuvas, acabou treinando apenas uma vez na semana. Outra dificuldade é que, no momento, os cinco atacantes do time alviceleste estão machucados.

“Todos os meus cinco atacantes estão machucados. Mesmo os que vão jogar estão machucados. Ramon ainda sente dores de uma pancada no tornozelo e Jaiminho está com dores musculares”. Thomas, que jogou os últimos dois jogos no sacrifício, sentiu o joelho e está fora e Mata-Boi começa no banco.

Apesar dos problemas, o treinador disse que os jogadores entrarão em campo dispostos a encarar o Fast.“Tentamos motivar sempre os jogadores. Trabalhamos na conversa, mostrando que mesmo com os problemas, que são muitos, o jogo é uma grande vitrine”.

A estratégia do São Raimundo para anular as jogadas do “tik taka” de Ney Júnior é acertar no posicionamento e não perder oportunidades.“Vamos entrar fazendo um bom jogo, usando nosso posicionamento que é muito bom. Anular os pontos fortes, criar oportunidades e aproveitar os melhores momentos. Marcando bem, não dar espaços”, explicou.

Ficha técnica

Fast: Zé Carlos, Amaral, Ediglê, Márcio Abrahao, Rondinelli, Rodrigo Ítalo, Dinamite, Michel Parintins, Charles Chenko, Da Silva, (Deivid) Técnico: Ney Jr.

São Raimundo: Julião, Getúlio, Uilton, Alex Amaro, Fernando Jr, Vamberto, Carlos, Adonias, Ramon, Claílson, Jaiminho. Técnico: Eduardo Clara

Arbitragem: João Batista Cunha de Brito, Marleudo Nunes de Lima, Jeová Rodrigues dos Santos

Local: Estádio Ismael Benigno


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.