Publicidade
Esportes
Craque

A redenção de Wallace: com gol do criticado zagueiro, Flamengo vence a primeira no Cariocão

O Rubro-Negro bateu o Macaé pelo placar de 2 a 0 na noite desta ontem, com direito a gol do capitão. Em protesto, o defensor do Fla evitou comemorar e só abraçou os companheiros 04/02/2016 às 11:01
Show 1
Wallace marcou o gol e protestou pelas críticas da torcida rubro-negra.
ACRITICA.COM Manaus (AM)

Com gols de Wallace e Marcelo Cirino o Flamengo conquistou sua primeira vitória no Campeonato Carioca, na noite desta quarta-feira (03). A partida contra o Macaé, no estádio Moacyrzão, foi válida pela segunda rodada do torneio. O Rubro-Negro volta a campo na próxima quarta-feira (10), contra a Portuguesa, no estádio da Cidadania.

As primeiras boas oportunidades do Flamengo surgiram pela direita. Marcelo Cirino foi quem criou a primeira grande chance do Rubro-Negro - quase marcando um gol de placa. Rodinei foi à linha de fundo e encontrou o atacante dentro da área. A bola chegou à feição para a finalização de letra, mas o goleiro fez grande defesa. Em mais um cruzamento de Rodinei na linha de fundo, Emerson Sheik, por muito pouco, não alcançou a bola de carrinho, aos 20 minutos.

Aos 32 minutos, Sheik, novamente, teve mais uma grande oportunidade, dessa vez com um petardo do bico esquerdo da grande área, obrigando Willian Alves a fazer mais uma defesa difícil. Pouco antes do fim da primeira etapa, Guerrero chegou a balançar a rede, mas o bandeirinha já marcava impedimento.


Quis o destino que o criticado zagueiro Wallace fosse o responsável por abrir o placar no Moacyrzão. Guerrero curtiu uma de garçom e fez a parede para o capitão, que dominou, ergueu a cabeça e tocou para Juan, à sua esquerda. Ele devolveu para o companheiro de zaga, que dominou e girou bonito para chutar no canto do goleiro. 

Na segunda etapa, o Flamengo voltou a campo tentando ampliar a vantagem, acionando Guerrero, Cirino e Emerson no ataque. Aos 31 minutos, em seu último lance em campo antes de ser substituído por Gabriel, o camisa 7 conseguiu ampliar o placar. Pela direita, Jorge deu lindo drible de corpo no marcador e cruzou de trivela para Cirino cabecear para a rede e dar números finais à partida.

Publicidade
Publicidade