Quinta-feira, 25 de Abril de 2019
publicidade
image.jpg
publicidade
publicidade

Bastidores

A Stock car que você não vê: bastidores da maior corrida automobilística do Brasil

Conheça um pouco mais sobre a Stock car. A história, a rotina, os pilotos, a estrutura e a segurança da prova.


02/04/2017 às 07:21

O tão aguardado momento da largada da Stock car acontece, e todos ficam vidrados na TV, para ver as ultrapassagens e acelerações. Ver quem está na frente e quem está prestes a chegar. Mas, você já se perguntou o que acontece nos bastidores das corridas? Na Stock car, o fim de semana começa na quinta-feira e termina no domingo, com grandes emoções dentro e fora das pistas.

Na quinta feira, acontece o briefing dos pilotos e o primeiro momento de reconhecimento da pista. Na sexta, acontece o primeiro treino livre. É o momento de acelerar para sentir como está o carro, e tentar fazer boas voltas. No sábado é o dia do segundo treino livre e da importante etapa classificatória, que define o grid de domingo, dia da aguardada corrida. É o tudo ou nada.

Durante os dias que antecedem a corrida, pilotos, equipe e convidados vivem o esporte intensamente. Seja na convivência diária nos boxes ou no hotel. Na hora do almoço, a equipe faz a refeição unida no 'motor home', lugar onde os pilotos também podem descansar. Após os treinos, muito trabalho pla frente para ajustar o carro para o próximo dia e, principalmente, para tudo estar perfeito para a corrida. São horas de trabalho, sempre com o piloto ao lado, dizendo as impressões que teve do carro. É a briga por cada milésimo a menos na pista.

Antes da largada, a tensão fica a mil. Os pilotos fazem seu aquecimentos e buscam a concentração máxima para a prova. Momentos antes da porta do carro fechar, a hora mais tensa e o momento de ter as últimas palavras para dar aquela força extra.

As equipes possuem patrocinadores, e os custos de cada uma é alto, então as responsabilidades também. Cada box pode levar entre 10 a 12 mecânicos para os carros, além de assessores e outros staffs. Cada box tem sala de reuniões e sala dos convidados, que dão conforto aos que irão assistir aos treinos e à corrida ali. Na frente dos boxes, os mecânicos passam horas trabalhando nos carros, antes, e, principalmente, depois dos treinos, que é quando os pilotos podem conversar com os mecânicos para informarem exatamente o que é preciso melhorar no carro. 

Apesar da responsabilidade envolvida, o ambiente nos boxes é de alegria e descontração, pelo menos até a hora da classificação dos pilotos e da largada da corrida propriamente dita, claro. Todos ficam nervosos, dos pilotos, mecânicos, até os convidados, e também ficam concentrados a cada parcial de volta que aparece na tela, torcendo que tudo ocorra de maneira perfeita. Após um bom resultado, a festa é grande, proporcional ao trabalho feito.

Segurança 
São mais de trinta carros circulando a mais de 200 km/h, além das corridas das diversas categorias que acontecem nos mesmos dias da Stock car. Para manter todos seguros e garantir a integridade física dos pilotos, uma pessoa indispensável na pista é a figura do médico, que fica sempre pronto para qualquer ocorrência na pista do autódromo.
Assim, o médico oficial da Stock car e do GP Brasil de Fórmula 1, Dr. Dino Altmann, falou do que consiste o seu trabalho nos autódromos do Brasil. "Nosso trabalho começa antes do primeiro treino, já deixando tudo preparado, e vai até o último. É o dia inteiro dentro do carro, esperando que não aconteça nada, e estando pronto para intervir em qualquer situação. O trabalho do medico aqui vai até a prevenção, junto com os engenheiros dos carros e observando na segurança dos autódromos, para facilitar o nosso trabalho", disse O Dr. Dino.

O Dr. Dino Altmann está sempre pronto para qualquer ocorrência durantes os eventos de automobilismo. (Foto:Walter Netto)

publicidade

Pilotos

Este ano, velhos conhecidos retornam para mais uma temporada, mas não há favoritos. A categoria permite que haja equilíbrio entre os carros, e tudo é possível. Além de Rubinho, Cacá, Pizzonia, Max Wilson, Alan Khodair e do campeão de 2016, Felipe Fraga, Daniel Serra, chegou com o moral alto ao fazer os melhores tempos nos treinos e a pole position da estréia da Stock car 2017. 

Com uma carreira invejável de quem chegou onde poucos brasileiros chegaram, a Formula 1, o piloto amazonense, Antônio Pizzonia, vem para mais uma temporada da Stock car, e fala da sua relação com a categoria. "Eu gosto muito da categoria, gosto bastante, então estou feliz por estar de volta, a equipe está superanimada, superunida, para mim, uma equipe nova (a AMatheis), que apesar do ano passado não ter andado muito bem, mas, historicamente, é uma equipe que sempre teve resultados bons, então isso anima a gente para a temporada toda", destaca Pizzonia.

A Prati-Donaduzzi patrocina a equipe AMattheis, da qual faz parte os pilotos Antônio Pizzonia e Julio Campos, que já correram juntos em 2014 e 2015. O empresário e patrocinador da equipe, Eder Mafissoni, fala da sua motivação para investir no automobilismo. "A empresa vibra com a Stock car. É o primeiro esporte que patrocinamos, e o esporte tem tudo a ver com saúde, que é o que nós promovemos. A escolha da dupla para este ano foi feita primeiramente pelo talento dos pilotos, segundo, pela amizade que desenvolvemos ao longo do tempo em que já trabalhamos juntos na equipe, terceiro, pelo alinhamento de valores, pois são pessoas éticas, do bem", destaca Mafissoni.

Pizzonia e Campos são parceiros da equipe Prati-Donaduzzi. (Foto: Vanderley Soares)

A história 
A Stock car é uma categoria do automobilismo criada em 1977, mas a primeira corrida ocorreu no dia 22 de abril de 1979, no Autódromo de Tarumã, no Rio Grande do Sul, com vitória do piloto Affonso Giaffone. A Stock veio para ser uma categoria de Turismo, que une o desempenho e a sofisticação dos carros. As competições valorizam o equilíbrio entre os carros, e as grandes performances dos pilotos.  

Hoje, a Stock car é a competição de automobilismo mais importante do Brasil. Ela conta com mais de 30 pilotos no grid, entre eles, Rubinho Barrichello e Cacá Bueno, que são alguns dos grandes nomes da categoria.

Entre os grandes campeões que venceram a categoria mais de uma vez, ou várias vezes, estão as lendas Ingo Hoffmann, Chico Serra, Paulo Gomes, Giuliano Losacco, Ricardo Maurício e Cacá Bueno.

Com tanta história, a Stock car reúne a cada edição, grandes nomes do automobilismo nacional da atualidade, mas também antigos ídolos e eternos amantes de corridas de carros. "Eu gosto muito de corrida, às vezes fico intocado, mas estou sempre nas provas. Não posso deixar de estar aqui depois de 48 anos dedicados ao automobilismo", disse o ex-piloto e capelão da Stock car, Ricardo Di Loreto.

publicidade
publicidade
Leclerc leva a primeira pole no GP Bahrein de Fórmula 1 e Ferrari fecha a primeira fila
Após dominar F1600, piloto amazonense, Gabriel Silva, mira novo desafio para 2019
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.