Sexta-feira, 22 de Novembro de 2019
UFC

A volta de Cyborg: a brasileira enfrenta Felicia Spencer no UFC 240

A curitibana Cris Cyborg busca espantar o fantasma da derrota para Amanda Nunes, enquanto Max Holloway tenta defender seu cinturão da lenda Frankie Edgar



zCR0127-02F_9F9F6F3C-66E0-49E5-A186-CC7E23265199.jpg Foto: UFC
27/07/2019 às 15:46

O UFC 240 coloca no evento a disputa pelo cinturão da categoria peso-pena, que atualmente pertence ao norte americano Max Holloway. Ele enfrenta seu compatriota Frankie Edgar, ex-campeão do peso leve. O destaque brasileiro da noite é o retorno de Cris “Cyborg” aos octógonos, sete meses depois da derrota para Amanda Nunes, ela enfrenta a canadense Felicia Spencer, no co-evento principal da noite, em Edmonton, no Canadá. O card principal tem início às 22h (Horário de Manaus).

Luta Principal



Max Holloway, após derrota para Dustin Poirier, na disputa pelo cinturão interino do peso-leve, volta a sua divisão de origem: o peso-pena. Na atual “moda” entre os lutadores de subir ou baixar peso para angariar o máximo de cinturões possíveis, a saúde dos atletas é levada ao limite. O lutador teve dificuldades em voltar ao seu peso normal e ficou no limite da divisão. Enfrentando Frankie Edgar, que também vem de derrota, ele terá um dos maiores desafios da carreira, o desafiante tem forte wrestling, enquanto Holloway é vulnerável no jogo de chão. “Essa luta significa bastante, ele está no hall da fama do UFC, é uma lenda e estou animado para fazer o evento” disse o atual dono do cinturão. 

Cyborg de volta

A brasileira, considerada por muitos a melhor lutadora de todos os tempos, em sua última luta foi nocauteada por Amanda “Leoa” Nunes, o fato balançou a atleta da equipe Chute Boxe, que só havia perdido uma luta em toda sua carreira. 
Após o pedido imediato de revanche ser negado pela organização, Cyborg entrou em confronto direto com Dana White, presidente do UFC. Os dois trocaram declarações ríspidas e apresentaram versões diferentes a respeito de uma segunda luta com a Leoa. “Ele está sempre mentindo. Eu só quero focar em mim e no que eu estou fazendo. Sei que a verdade vai aparecer” disse a lutadora curitibana. 

A adversária definida para o retorno de Cyborg ao octógono é novata na Organização e fará apenas sua segunda luta no UFC. Felicia Spencer está invicta até o momento na carreira, são sete lutas ao total. A canadense luta em casa e está empolgada para o evento. 
“Minha equipe e eu sempre pensamos que esse seria um combate dos sonhos, em muitas lutas ela esteve vulnerável, ela não dominou tudo em todas as lutas. Eu confio no meu potencial de capitalizar em cima desses erros” afirmou. 

Esse confronto dará uma chance direta pelo cinturão do peso-pena, quem sair vitoriosa enfrenta Amanda Nunes, no caso de Cyborg, será a tão esperada revanche, mas a atleta garante que não pensa nisso. “Estou focada totalmente na minha luta sábado, essas questões tem que ser tratas com Dana White e Amanda. Eu sempre fico focada na próxima luta e apenas nisso. Se Amanda ganhou aquela luta ela teve méritos. Sempre deixo na mão de Deus” declarou. 
 

News whatsapp image 2019 06 21 at 16.12.51 7cbfadd4 8d2b 47cf a09e 336b83276e71
Repórter de A CRÍTICA

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.