Publicidade
Esportes
Há feridos

Policia confirma 76 mortos em queda de avião que transportava o time da Chapecoense

Avião precisou fazer um pouso forçado, segundo informou aeronáutica da Colômbia 29/11/2016 às 02:01 - Atualizado em 29/11/2016 às 10:12
Show foto
Time brasileiro faria o primeiro jogo da final da Copa Sul Americana (Fotos: Reprodução)
acritica.com Manaus, AM

A aeronave que transportava o time da Chapecoense, para Medellín, na Colômbia, onde o time enfrentaria o Atlético Nacional, em jogo válido pelo primeiro confronto da final da Copa Sul-Americana sofreu um acidente próximo à cidade de Cerro Gordo de La Unión, na madrugada desta terça-feira (29). A aeronave tinha 72 passageiros - sendo 48 membros do clube, 21 jornalistas e três convidados - além de nove tripulantes. Segundo informações da Aeronáutica Colombiana, o avião foi obrigado a fazer um pouso forçado.

A polícia colombiana confirmou que 76 pessoas que estavam a bordo do avião que levava o time da Chapecoense morreram no acidente ocorrido nesta madrugada (29). As informações são da agência Ansa.

Ainda segundo informações divulgadas pela aeronáutica da Colômbia, os feridos estão sendo transportados para os hospitais da região - cinco já teriam sido resgatados pelos paramédicos. O primeiro jogador da Chape a chegar ao hospital foi o zagueiro Alan Ruschel que, segundo o site Globoesporte.com, estava consciente.

O resgate está sendo feito por terra, por conta das condições climáticas ruins, conforme informações divulgadas pelo aeroporto internacional Jose Maria Cordova de Rio Negro, primeiro a noticiar informações sobre o acidente.

O Atlético Nacional, adversário da Chape se manifestou pelo Twitter: "Nacional lamenta profundamente e se solidariza com a @chapecoensereal pelo acidente ocorrido e aguarda informações das autoridades".

O primeiro órgão a noticiar o acidente foi o aeroporto Internacional Jose Maria Cordova pela rede sociail Twitter.

Em Manacapuru

A Chapecoense esteve no Amazonas este ano quando enfrentou o Princesa do Solimões pela Copa do Brasil, no dia 6 de abril. No jogo de ida, no Gilbertão, em Manacapuru, o time de Chapecó venceu o Princesa por 2 a 1. Como o Tubarão marcou um gol, o jogo de volta foi realizado na Arena Condá, no dia 14 de abril. Na ocasião, o dono da casa venceu por 2 a 0, eliminando o time amazonense.

Avião da Chapecoense levava 21 profissionais de imprensa

Entre os 72 passageiros, além dos 22 jogadores, havia 18 membros da comissão técnica, oito da diretoria, três convidados, incluindo o presidente da Federação Catarinense de Futebol, Delfim Peixoto Filho, e 21 representantes da imprensa, inclusive o ex-jogador e ex-técnico Mário Sérgio, comentarista dos canais Fox Sports.

Confira a lista de passageiros do voo:
Atletas:
1. Danilo
2. Gimenez
3. Bruno Rangel
4. Marcelo
5. Lucas Gomes
6. Sergio Manoel
7. Felipe Machado
8. Matheus Biteco
9. Cleber Santana
10. Alan Ruschel
11. William Thiego
12. Tiaguinho
13. Neto
14. Josimar
15. Dener
16. Gil
17. Ananias
18. Kempes
19. Follmann
20. Arthur Maia
21. Mateus Caramelo
22. Aílton Canela

Comissão técnica:
22. Caio Júnior
23. Duca
24. Pipe Grohs
25. Anderson Paixão
26. Anderson Martins
27. Dr. Marcio
28. Gobbato
29. Cocada
30. Serginho
31. Serginho
32. Adriano
33. Cleberson Silva
34. Maurinho
35. Cadu
36. Chinho di Domenico
37. Sandro Pallaoro
38. Cezinha
39. Giba

Diretoria:
40. Plínio D. de Nes Filho
41. Nilson Folle Júnior
42. Decio Burtet Filho
43. Edir de Marco
44. Ricardo Porto
45. Mauro dal Bello
46. Jandir Bordignon
47. Dávi Barela Dávi

Convidados:
48. Delfim Peixoto Filho
49. Luciano Buligon
50. Gelson Meisão

Imprensa:
51. Victorino Chermont
52. Rodrigo Gonçalves
53. Devair Paschoalon
54. Lilacio Júnior
55. Paulo Clement
56. Mario Sergio Paiva
57. Guilher Marques
58. Ari Júnior
59. Guilherme Laars
60. Giovane Klein
61. Bruno Silva
62. Djalma Neto
63. Adré Podiacki
64. Laion Espindula
65. Rafael Henzel
66. Renan Agnolin
67. Fernando Schardong
68. Edson Ebeliny
69. Gelson Galiotto
70. Douglas Dorneles
71. Jacir Biavatti

 

Publicidade
Publicidade