Segunda-feira, 18 de Novembro de 2019
Caiu!

Adversário do Fast na Copa Verde, Santos-AP demite técnico às vésperas da 'decisão'

Minga foi demitido do cargo com apenas duas partidas no comando do time amapaense. Presidente do clube, Luciano Marba, deve dirigir o Peixe da Amazônia no jogo decisivo contra o Tricolor de Aço, no domingo (19)



loiss.JPG Técnico Minga foi demitido após comandar o Santos-AP diante do Fast Clube, na Arena da Amazônia (Foto: Evandro Seixas)
16/03/2017 às 13:32

O mar não está pra Peixe pelos lados do Santos-AP. Adversário do Fast Clube, no próximo domingo (19), pelo jogo da volta da Copa Verde, a diretoria do time amapaense demitiu o técnico Minga. O treinador do Peixe da Amazônia deixa o cargo depois de comandar o time em apenas dois jogos oficiais. O presidente do clube, Luciano Marba vai dirigir a equipe contra o Tricolor de Aço.

Minga foi demitido 11 dias após a derrota contra o Fast, por 1 a 0, na partida de ida da Copa Verde. A diretoria do Santos-AP não se pronunciou sobre a mudança no comando do time restando apenas três dias para o duelo com o time amazonense, marcado para o estádio Zerão, em Macapá, no domingo (19).  



Assim como ocorreu em 2015 e 2016, Luciano Marba, mandatário do Peixe, vai acumular as funções de presidente e técnico do clube diante do Rolo Compressor.

Dois jogos, duas derrotas

O CRAQUE entrou em contato com Minga que não quis comentar o real motivo de sua saída do Santos-AP. O agora ex-treinador do Peixe disse apenas que aceitou a motivação apresentada pelo presidente do clube, mas que não concordou com ela. O ex-técnico do time amapaense também confirmou que Luciano Marba vai comandar o Santos, no confronto com o Tricolor.

"O presidente apontou o motivo dele eu aceitei, mas não concordei. Mas afinal de contas, ele é o presidente, o dono do time, tanto que me falou que vai dirigir o time no domingo, no jogo contra o Fast", revelou Minga. 

No comando do Santos-AP desde o início de fevereiro, o retrospecto de Minga não pesou a seu favor. O treinador perdeu os dois jogos que esteve à frente do Peixe do Amapá: derrota e eliminação na Copa do Brasil, para o Vasco, na Arena das Dunas, e o revés contra o Fast, no último dia 5 de março, na Arena da Amazônia.

O temor da diretoria do Santos-AP por uma nova eliminação, agora na Copa Verde, pode ter sido a provável queda de Minga no time amapaense.  

 


Mais de Acritica.com

18 Nov
bradesco_C22DD61C-FE71-4FDD-BB1B-A5B7C048EF01.JPG

TRT11 celebra acordo de R$ 1,1 milhão entre Bradesco e ex-funcionária

18/11/2019 às 11:20

A bancária ingressou com reclamação trabalhista contra o HSBC e o Bradesco em novembro de 2016, pretendendo receber o pagamento de diferenças salariais, horas extras, tempo a disposição da instituição financeira durante as viagens, além indenização pelos danos morais sofridos no ambiente de trabalho


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.