Eliminatórias

Agentes da Anvisa entram na Arena Corinthians e interrompem jogo entre Brasil e Argentina

A interrupção da Anvisa se dá por conta de quatro jogadores da Seleção Argentina, que teriam mentido ao órgão

Portal A Crítica
05/09/2021 às 18:34.
Atualizado em 09/03/2022 às 00:28

(Foto: Nelson Almeida / AFP)

Agentes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) foram até a Arena Corinthians, em São Paulo, na tarde deste domingo (5), e interoperam a partida entre Brasil e Argentina, pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2022.

A interrupção da Anvisa se dá por conta de quatro jogadores da Seleção Argentina – Emiliano Martínez e Buendía (Aston Villa) e Cristian Romero e Lo Celso (Tottenham) – que teriam mentido ao órgão. Os quatro não teriam informado que estiveram no Reino Unido nos últimos 14 dias e pelas normas por conta da pandemia, aqueles que estiverem no Reino Unido devem fazer quarentena ao entrar no Brasil.

SUSPENSÃO

Pouco depois da interrupção do jogo, a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) divulgou que o jogo seria suspenso. Segundo a entidade, quem decidirá sobre quando e se o jogo será refeito é a Federação Internacional de Futebol (FIFA).

“Por decisão do árbitro da partida, a partida organizada pela FIFA entre Brasil e Argentina pelas Eliminatórias da Copa do Mundo está suspensa. O árbitro e o comissário de jogo enviarão um relatório ao Comitê Disciplinar da FIFA, que determinará as etapas a serem seguidas. Esses procedimentos obedecem estritamente aos regulamentos atuais. As eliminatórias da Copa do Mundo são uma competição da FIFA. Todas as decisões relativas à sua organização e desenvolvimento são da competência exclusiva daquela instituição”, disse a Conmebol em comunicado.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
© Copyright 2022Portal A Crítica.Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por
Distribuído por