Publicidade
Esportes
Craque

‘Agora, nem de graça’: Eurico Miranda ‘dispara’ contra Léo Moura após negativa ao Vasco

Presidente vascaíno nãom poupou críticas ao ex-lateral do Flamengo depois do não do jogador ao clube de São Januário. Na manhã de segunda-feira (22) o dirigente cruz-maltino havia confirmado a contratação do jogador 23/06/2015 às 09:31
Show 1
Eurico Miranda não quer ver Léo Moura nem "pintado de ouro".
ACRITICA.COM Manaus (AM)

A vida não nada fácil pros lados de São Januário. Além de perder o técnico Doriva - que pediu o boné após péssima campanha no Brasileirão -, não conseguir uma vitória sequer no campeonato e segurar a lanterna do Brasileirão, o Vasco ainda passou vexame nesta segunda-feira (22). Léo Moura, ex-jogador do Flamengo disse não ao Gigante da Colina depois do presidente Eurico Miranda anunciá-lo como novo reforço do clube.

“O Léo Moura me procurou para jogar no Vasco. Não fui eu que procurei. Me reuni com ele e acertamos tudo. Como aqui o regime é presidencialista, passei ao presidente e hoje ele anunciou. Aí não sei se ele não gostou de o presidente ter anunciado ou o que houve. Ocorre que agora veio falar que não vem mais. Aliás, agora nem de graça ele joga mais aqui”, disse José Luis Moreira, vice de futebol do Vasco ao diário LANCE!.

Segundo o dirigente vascaíno, a contratação do ex-lateral do Flamengo ficou acertada verbalmente da noite de domingo (21) em uma reunião que contou com a presença do próprio Léo Moura. Além do cartola do Vasco e o empresário do jogador, Eduardo Uram. No entanto, a repercussão do anúncio do ex-camisa 2 da Gávea por Eurico Miranda gerou polêmica entre os flamenguistas nas redes sociais e o Léo Moura recuou.

"Mico" do Eurico

A negativa de Léo Moura não foi bem digerida por Eurico Miranda. Em entrevista à rádio Tupi do Rio de Janeiro, o polêmico cartola vascaíno confirmou o que seu vice de futebol havia afirmado anteriormente. "O Vasco não procurou Léo Moura, foi ele quem procurou o Vasco", disse o dirigente descarregando toda sua fúria sobre o ex-flamenguista. "Léo Moura agora, nem de graça", esbravejou.


Léo Moura, que já passou pelo Vasco, em 2002, também vestou as camisas do Botafogo, entre 1997 e 99 e em 2001, e do Fluminense, em 2004. Mas foi no Flamengo que o jogador ganhou notoriedade nacional e identificação com a torcida após passagem com duração de 10 anos.Com o “manto” rubro-negro o lateral conquistou duas Copas do Brasil, um Campeonato Brasileiro e cinco estaduais do Rio. 


Publicidade
Publicidade