Publicidade
Esportes
MIRANDO ALTO

Alan Nuguette participa de UFC histórico e busca se aproximar de cinturão

Empolgado e vindo de três vitórias consecutivas, peso-leve Alan Nuguette está confiante de que conquistará mais um triunfo no UFC 02/10/2018 às 16:30
Show show nuguette c8a66a31 5cf3 4922 877f 64f563c68dd1
Ex-engraxate, Alan Nuguette encontrou em Manaus a chance de despontar no mundo das lutas e passou a adotar o Amazonas como terra natal. (Foto: Divulgação)
Valter Cardoso Manaus (AM)

Os fãs de luta estão contando as horas para a edição do UFC deste sábado (06). A edição do UFC 229, em Las Vegas (EUA) vai contar com a super luta entre Khabib Nurmagomedov e Conor McGregor como evento principal, mas os amazonenses tem um motivo a mais para acompanhar as lutas: Radicado no Amazonas, Alan Nuguette também está no card e não pretende fazer apenas figuração.

O próximo adversário do amazonense, em busca da quarta vitória consecutiva, é o americano Scott Holtzman, que foi bastante estudado pelo brasileiro.  “Para esta minha luta a minha expectativa é mostrar mais a minha parte de trocação, como ele é um cara do wrestling ele vai tentar me botar para baixo, eu vou defender as quedas e trabalhar a trocação e vou tentar nocautear ele. Vou nocautear no primeiro ou no segundo round, ou vou finalizá-lo. Isso que eu vou botar em prática”, completou. 

Em um dos principais eventos da história do UFC, Nuguette não esconde a empolgação de entrar no octógono diante de todo o mundo. “Não sei nem a sensação de estar neste card, é bom demais. Ainda não estou nem acreditando que eu vou estar em um dos maiores eventos destes 25 anos de UFC, tão esperado pelo mundo inteiro. Eu sou o único representante da região norte neste card então eu quero a torcida todinha do meu Amazonas, do norte inteiro”, respondeu. Em um dos pontos mais altos de sua carreira, Nuguette não esquece suas origens. “Eu, que venho de baixo, que represento a comunidade, a galera humilde que acredita no sonho,  que acorda cedo e vai a luta todos os dias. Então estar neste card é inenarrável, não sei explicar, só sei falar que Deus é muito bom para mim”, completou.

Em contagem regressiva, mantendo a humildade e confiança de sempre, Nuguette busca agora subir ainda mais na carreira e chegar até o topo. “Eu venho de três vitórias consecutivas, estou em uma boa fase no evento e mais uma já pode me colocar no top 15. Ganhando mais uma luta, eu entro nos top, 15 ou 10, e já me alavanca mais ainda para perto do cinturão”, garantiu Alan.  “Quero ser o segundo caboclo amazonense a ter um cinturão mundial da maior organização do mundo, esse é meu desejo. Tenho gás para isso, tenho fôlego, tenho juventude, tenho bons parceiros de equipe, tenho uma boa equipe e o objetivo é este: chegar ao cinturão”, finalizou.

Publicidade
Publicidade