Publicidade
Esportes
PROJETO SOCIAL

Alan Nuguette visitou projeto social de luta olímpica, na Zona Leste.

Atleta que conheceu o MMA no Amazonas cria 'Campeões pela Vida' em retribuição as conquistas no mundo das lutas 01/05/2016 às 06:20
Show alan nuguette
O peso leve do UFC, Alan ‘Nuguette’ Patrick visitou o projeto social de luta olímpica da Escola Estadual Áurea Pinheiro Braga (CMPM IV) na noite da última sexta-feira
Thaissa Cordeiro

O peso leve do UFC, Alan ‘Nuguette’ Patrick visitou o projeto social de luta olímpica da Escola Estadual Áurea Pinheiro Braga (CMPM IV) na noite da última sexta-feira (29). O lutador falou da carreira e UFC, sobre uma possível para o mês de julho e do seu projeto social ‘Campeões pela Vida’, que funcionará em uma igreja da cidade.

O paulista veio morar em Manaus em 2002, e foi no bairro Japiim que tudo começou “fui convidado pelo Alexandre ‘Capitão’ Almeida para morar na casa dele, ele que me introduziu nisso, ele acreditou no meu potencial e me chamou pra morar aqui na casa dele”, relembrou o atleta que tem 13 vitórias e uma derrota no maior campeonato de MMA do mundo.

WRESTLING

Faixa preta na arte suave, Nuguette chegou a treinar wrestling quando ainda morava em Manaus com o Waldeci Silva, referência da modalidade no Amazonas. “O Waldeci foi meu primeiro professor de Wrestling, é um dos melhores do Amazonas, ele já conquistou vários campeonatos aqui e no Brasil, sem contar que tem passagem pela seleção brasileira”, elogiou o atleta. Waldeci por sua vez retribui os elogios “Criamos um ciclo de amizade, já sabia que ele tinha potencial, é um atleta que tem perseverança e mostrou que você nunca deve desistir dos seus sonhos, é um espelho para as crianças”, finalizou Waldeci.

Crianças do projeto social de luta olímpica da Escola Estadual Áurea Pinheiro Braga (CMPM IV). Foto: Antônio Lima.

UFC

Nuguette pretende lutar no evento entre Rafael dos Anjos x Eddie Alvarez, no dia 7 de julho, que é o primeiro dos três eventos da anual "Semana Internacional de Lutas" da companhia, dois dias antes do UFC 200, que será sediado na MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas.

“Falei com meu empresário, o Wallid e estamos aí no aguardo, faltam três meses pra luta. Conto com o apoio dos torcedores de Manaus pedindo essa luta também pra eu entrar nesse card”, disse o lutador que fará um camping nos Estados Unidos com Alexandre Capitão na próxima semana.

Sobre a possível mudança de categoria, o peso leve deixa claro “Estou muito bem nessa categoria, cheguei ao top 15, na minha última luta eu perdi, mas agora eu já me recuperei e acho que se eu fizer mais duas lutas, volto ao top 15 ou ao top 10 e vamos manter os pés no chão rumo ao cinturão”, ressaltou.

CAMPEÕES PELA VIDA

Allan ‘Nuguette’ Patrick criou o projeto social ‘Campeões pela vida’, que já conta com 300 crianças nas aulas de jiu-jitsu, no bairro Coroado, zona Leste. O atleta que é uma das estrelas brasileiras do UFC disse o projeto é em retribuição a tudo que conquistou na carreira e diz que pretende ajudar outras crianças a entrar no seu ‘mundo’ e também, a serem cidadãs do ‘bem’.  “Abri o projeto porque o Amazonas tem muitas pérolas, mas essas pérolas acabam se perdendo pelo caminho, por falta de apoio e incentivo, porque no Brasil é assim, só querem investir numa coisa que já deu certo, não é que nem nos outros países”, declarou Nuguette. 

Segundo o lutador, o projeto a princípio conta somente com a arte suave, mas o intuito é abrir para aulas de reforço e higiene bucal. “Nem todos vão ser campeões, mas aquela criança não vai roubar ninguém, vai ajudar uma idosa a atravessar a rua, a sociedade vai ganhar um bom cidadão através da luta com um pequeno investimento”, finalizou.

Publicidade
Publicidade