Publicidade
Esportes
Craque

Alexandre Mattos assina por dois anos com o Palmeiras

O profissional, que firmou vínculo até 31 de dezembro de 2016, foi apresentado nesta quarta-feira e disse que sua meta é montar um time competitivo para fazer a torcida alviverde sorrir 07/01/2015 às 13:11
Show 1
Alexandre Mattos se mostrou confiante e promete trabalho no Palmeiras
acritica.com ---

O Palmeiras acertou na manhã desta quarta-feira (07) com Alexandre Mattos, novo diretor de futebol do clube. O profissional, que firmou vínculo até 31 de dezembro de 2016, foi apresentado e disse que sua meta é montar um time competitivo para fazer a torcida alviverde sorrir.

“Quero agradecer a confiança depositada em mim e a oportunidade de fazer parte de um pedacinho de uma história tão grandiosa. É uma responsabilidade muito grande. O Palmeiras é grande por si só, não está e jamais estará atrás de ninguém. Se está passando por dificuldades, cabe às pessoas que comandam saber como tirá-lo, e é isso que vamos fazer. O meu objetivo é chegar ao fim do ano com a consciência tranquila de que me doei ao máximo e com o torcedor, grande patrimônio do clube, sorrindo, tendo alegrias. Nesses dois anos iniciais, se nós conseguirmos fazer o torcedor sorrir, o objetivo será alcançando”, disse o dirigente, que elogiou a situação que encontrou.

“O Palmeiras vem se organizando nos últimos dois anos, vem fazendo o inverso de outras equipes, e a tendência é que comece a beber água limpa enquanto a dificuldade impera a nível nacional. O Palmeiras agora precisa ser criativo, colocar em prática não só a questão financeira, mas fazer acontecer um equilíbrio técnico. Estou aqui para isso, chego para somar. Tenho minhas ideias e convicções, mas vou me adaptar dentro da filosofia da instituição. Temos uma marca de responsabilidade e creio que o Palmeiras está à frente. Vou contribuir sempre tentando melhorar o que já tem de muito bom”, disse.

Bicampeão brasileiro pelo Cruzeiro, o novo funcionário palestrino rechaçou o rótulo de estrela. “Fenômenos ou estrelas são os atletas e o treinador. Eu trabalho com paixão e determinação, adoro conviver com tudo o que envolve a gestão do futebol, amo isso. Quando você faz com amor e disciplina, a consequência é que você conquiste algumas coisas, não só títulos, mas respeito. Além disso, não fiz nada sozinho no Cruzeiro. Enfim, agradeço essa expetativa toda,  mas trabalharei com afinco, como sempre fiz”, expôs, antes de explicar por que saiu do time mineiro para vir para o Verdão.

“Alguns vão questionar de eu ter saído de uma equipe tão bem e vir para uma outra que passa uma fase turbulenta, mas eu acredito em desafios, acredito que podemos fazer diferente. Sei o que podemos produzir aqui e estou com felicidade. Não tenho medo, quero participar de uma situação de retomada, de brigar pela parte de cima da tabela. O trabalho será uma busca incansável por títulos”, discursou.

Por fim, Alexandre comentou sobre a situação de Wesley e Lúcio. “O Wesley vai seguir um novo caminho, e o Palmeiras entendeu isso. Ele tem contrato, é um ativo do clube e precisamos ter responsabilidade. O Palmeiras está aberto para escutar. O Lúcio entende que precisa seguir uma nova situação, e temos respeito por tudo o que ele representa”, concluiu.

Publicidade
Publicidade