Publicidade
Esportes
COMPETIÇÃO

Amazonas conquista 20 medalhas no 1° dia das Paralimpíadas Escolares

Foram 11 medalhas de ouro, seis de prata e três de bronze, premiadas nas categorias do atletismo e tênis de mesa 21/11/2018 às 16:25 - Atualizado em 21/11/2018 às 17:59
Show competi  o f675adba fa6d 4a02 9a40 db0df0092ffd
Foto: Camili Vitória/Divulgação
Jhonny Lima São Paulo (SP)

No primeiro dia de competições das Paralimpíadas Escolares, realizada na cidade de São Paulo, a delegação do Amazonas começou com o pé direito a competição e fechou o dia com 20 medalhas conquistadas, sendo 11 medalhas de ouro, seis de prata e três de bronze, premiadas nas categorias do atletismo e tênis de mesa.

Bastante empenhados e dedicados, nem o frio de 16 graus no CT Paralímpico Brasileiro conseguiu abalar o fervor dos estudantes-paratletas barés, que se mostraram concentrados e focados no único objetivo que é a conquista de medalhas.

Estreante da competição nacional, considerada o maior evento do mundo, envolvendo paratletas em idade escolar, o estudante Richard Hyller Santos de Oliveira, 13, subiu ao lugar mais alto do pódio duas vezes e ficou até surpreso com a conquista dos dois ouros (salto em distância  e corrida de 60 metros sub-14). “Não esperava (conquistar as medalhas de ouro). É emocionante, é a primeira vez. Meus pais devem estar muito felizes”, confessou o jovem paratleta, que tem má formação congênita no membro superior esquerdo e cursa o  7º ano do Ensino Fundamental.

Richard  foi descoberto pelo técnico e professor Joaquim Filho quando jogava futsal na Escola Estadual Antônio Bittencourt e Joaquim viu nele o talento para o atletismo.

Outra estreante com medalha de ouro nas Paralimpíadas Escolares é Camili Vitória da Silva Guedes, 15, que arrastou a dourada na prova dos 75 metros. Deficiente visual, ela correu acompanhada com o guia (Joaquim Filho) e triunfou na competição.

“Eu não esperava, porque estava muito nervosa.  Todo mundo acreditava em mim, mas eu mesmo não acreditava, estou muito feliz”, declarou a estudante do 9º ano do Ensino Fundamental da E.E. Professora Hilda Azavedo Tribuzy e que pretende ser professora, fazer pedagogia ou psicologia quando chegar à faculdade.

A estudante-paratleta Anne Maryanne, 13, da E.E. Francelina Assis Dantas, disse que ficou muito nervosa, mas que procurou se concentrar e controlar a ansiedade, feito que rendeu uma medalha de ouro no arremesso de peso e prata na corrida de 60 metros com cadeira de rodas.  Em 2017 ela conquistou três medalhas nas Paralimpíadas Escolares (dois ouros e uma prata) e neste ano ela quer bater essa marca, pois ainda irá competir nesta quinta-feira (22/11) e mais medalhas podem vir. As Paralimpíadas Escolares seguem até a próxima sexta, com perspectiva de ultrapassar a marca de 30 medalhas conquistadas.

A última medalha conquistada do dia saiu no tênis de mesa, com o parintinense Kael de Souza Modesto, aluno do 8º ano do Ensino Fundamental do Ceti Deputado Gláucio Gonçalves. O jovem paratleta de 14 anos tem hemiparesia cerebral à direita e conquistou a medalha de ouro, em dupla, ao superar os representantes dos estados de Santa Catarina e Distrito Federal. Ele faz parceria com paratleta do Pará.

Sob o comando da professora Hélida Cardoso Gadelha, ele chegou em São Paulo e mostrou superioridade frente aos adversários. Nesta quinta-feira ele pode conquistar a segunda medalha de ouro, agora na categoria individual.

Medalhistas amazonenses:

Pablo Kauã Nogueira Ramo  - ouro no lançamento do dardo - F13

Anne Maryanne Pereira -    ouro no arremesso do peso e prata nos 60 metros - F56

Kael de Souza Modesto - ouro no tênis de mesa em dupla - C9

Ana Beatriz Nascimento - prata nos 60 metros e bronze no arremesso do peso - F12

Rosilângela Duarte de Lima - ouro no arremesso do peso - F13

Geovana Campos Souza - prata nos 60 metros e bronze no arremesso do peso - T35

Wesley Emerson Carvalho - prata no lançamento da pelota e bronze  nos 60 metros - T12

Richard Hyller Santos - ouro nos 60 metros e ouro no salto em distância - T47

Camili Vitória Guedes e Joaquim Filho (guia) - ouro nos 75 metros - T11

Nicole Nataly de Figueiredo - ouro no arremesso do peso - F37

Lucas Amorim - ouro nos 100 metros - T45

João Lucas dos Santos - ouro no lançamento da pelota e prata no salto em distância - T37

Clarice Yaeko Cardoso - prata no arremesso do peso - F34

*O repórter viajou a convite da organização do evento. 

Publicidade
Publicidade