Sexta-feira, 03 de Abril de 2020
CAMPEONATO AMAZONENSE

Amazonas desbanca Nacional por 4 a 2 e garante vaga na final do Barezão

A confirmação da vaga na final veio dos pés de Denis Pedra em um jogo apertado



amazonas_1D82D36A-5CFF-4954-B20F-2C3C1BF4C23D.JPG Foto: Antonio Lima
27/02/2020 às 23:03

No duelo dos ‘Felinos’, foi a Onça-pintada que fez seu ‘banquete’! Em jogo apertado entre Amazonas e Nacional, a equipe da Zona Leste conquistou vaga na grande final do Campeonato Amazonense, o Barezão, pelo placar de 4 a 2. A bola rolou hoje (27), às 20h30, na Arena da Amazônia. Os gols dos comandados de Lecheva foram anotados por: Diego Torres, Daivison, Maikon Leite e Denis Pedra. Já pela parte do Leão, Daniel e João Pedro balançaram as redes.

Desde o apito inicial, a Onça dominou completamente o jogo, além de fazer uma forte pressão na saída de bola do Naça. O Amazonas não dava nenhum tipo de espaço para que a equipe comandada por Gilberto Pereira criasse boas chances.  Prova da superioridade do líder do primeiro turno, foi o gol ter surgido logo aos seis minutos: Vitinho cobrou falta, jogou a bola na área e Diego Torres subiu no ‘quarto andar’ para cabecear a bola pra rede.



Ainda na primeira etapa, o clube da Zona Leste ampliou o placar, que deixou o Nacional dependendo de uma virada improvável - já que o Amazonas possuía a vantagem do empate devido à colocação na tabela. Aos 38, Vitinho recebeu bola livre na esquerda, entrou na área e quando abriu para bater no gol, Paulinho chegou atrasado e cometeu pênalti. No minuto seguinte, o centroavante Daivison cobrou a penalidade e ampliando o placar da partida, assim como sua artilharia no campeonato - são seis gols marcados.

Leão de cabeça em pé

Na volta do intervalo, mesmo com a vantagem no placar, o Amazonas dava sinais de que seguiria no ritmo intenso dos primeiros 45 minutos. Porém, aos 10 minutos, com a expulsão de Daivison e Tiririca - após confusão -, o Leão estufou o peito e avançou pra cima da Onça. A reação saiu dos pés de João Pedro, que recebeu cruzamento dentro da área e desviou para balançar as redes e diminuir a desvantagem em 2 a 1, aos 32 minutos. O empate veio três minutos depois com Daniel Guerreiro, após o goleiro Oliveira dar rebote no chute de Romarinho, o camisa 19 acertou belo chute que ‘morreu’ no gol.

A Onça não perdeu sua tranquilidade e revidou com a estrela do camisa 7 Maikon Leite - voltando de lesão -, que recebeu passe de Magno na grande área e desempatou o placar aos 37. A confirmação da vaga na final veio dos pés de Denis Pedra, que contou com Maikon Leite ‘garçom’, já aos 44, ele recebeu bola na pequena área e ampliou o placar.

News whatsapp image 2019 06 21 at 16.12.51 7cbfadd4 8d2b 47cf a09e 336b83276e71
Repórter de A CRÍTICA

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.