Segunda-feira, 22 de Abril de 2019
publicidade
1.jpg
publicidade
publicidade

Craque

Amazonas monopoliza pódio geral da Copa Brasil de Tênis de Mesa

Em evento que recebeu mais de 200 atletas de 18 Estados, gerações de mesa-tenistas locais mostraram porque o AM é uma das potências nacionais no esporte


13/04/2015 às 02:03

De quinta-feira até este domingo (12), Manaus foi a capital do tênis de mesa brasileiro. Mais de duzentos atletas de 18 estados participaram da 4ª Copa Brasil de Tênis de Mesa, na Arena Amadeu Teixeira, na Zona Centro-Oeste de Manaus.

Potência no tênis de mesa brasileiro, o Amazonas, que teve a vantagem de possuir o maior número de inscritos, predominou durante o torneio, cujas categorias mais fortes foram disputadas por atletas brasileiros de nível internacional.

O amazonense Siddharta Almeida, da Associação Esportiva Lassalista, fez dobradinha nas categorias Juvenil e Juventude, as duas mais importantes abaixo do Absoluto, além de ter ficado em terceiro no Rating B (que independe de idade, mas sim de nível técnico). Pela categoria infantil, André Murchié, também da Associação Lassalista, levou o ouro.

Outro destaque ficou por conta das mesatenistas amazonenses, como Amanda Marques, da APCEF Manaus, que venceu o ranking olímpico no Absoluto A e no Rating A, as duas categorias femininas mais disputadas do torneio.

A jovem Brenda Amaral, da Associação Atlética Adalberto Vale, conquistou três ouros: foi campeã das categorias infantil e juvenil, além de ter sido campeã do Rating E.

Revelação

Mas uma das maiores surpresas ficou por conta de Luana Soares Lameira, da Associação Esportiva Lassalista. Atleta da categoria juvenil, Luana desbancou a atual campeã brasileira Belissa Lisboa, num duelo que teve quatro match points (quando o adversário só precisa de um ponto para vencer a partida).

“O set (que termina em 11 pontos) estava 10 a 6 para ela. Mas aí a torcida começou a incentivar, aí eu relaxei. Quando eu vi já estava 10 a 10”, disse a mesatenista, que confessou ter chegado a duvidar de si mesma. “Eu não achei que conseguiria”, disse ela, que venceu pela primeira vez uma competição nacional.

Tops masculino

Nas categorias principais do masculino, Mario Costa, da Associação Esportiva Lassalista, foi derrotado pelo paulista Henrique Narita na final do Absoluto Masculino. Israel Barreto, da APCEF Manaus ficou em terceiro lugar.

No Rating A, mais categoria top masculina, o paulista Humberto Manhani Júnior venceu o amazonense Israel Barreto na final. Em terceiro lugar, ficou Henrique Narita, e em quarto Mario Costa.

Classificação geral

Na classificação geral, o Amazonas, que teve maior número de atletas, monopolizou o pódio. Em primeiro lugar ficou a Associação Esportiva Lassalista, com 10 ouros. Em segundo, a Associação Atlética Adalberto Valle, com sete, e no terceiro posto, a APCEF Manaus, com cinco primeiros lugares.


publicidade
publicidade
Aos 22 anos, jogador de futsal amazonense conquista título na Suíça
Vila Olímpica recebe mais uma etapa do Estadual de Tênis de Mesa
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.