Publicidade
Esportes
Craque

Amazonas promoverá sua 1ª Maratona em 2015, diz Sejel

Após sucesso da 3ª edição da Meia Maratona do Amazonas e Corrida Sejel, que contou com cerca de quatro mil atletas, secretaria confirma prova de 42km no ano que vêm  01/12/2014 às 15:20
Show 1
3ª edição da Meia Maratona do Amazonas será no meio do ano e a Maratona acontecerá em dezembro.
ACRITICA.COM Manaus (AM)

Finalmente os amantes das corridas de longa distância terão um desafio à altura de sua resistência física: a Secretaria de Estado da Juventude e Lazer (Sejel) confirmou que promoverá a Maratona do Amazonas em 2015. O anúncio veio pouco antes da largada da Meia Maratona do Amazonas e Corrida Sejel, realizada no sábado (29) na ponte Rio Negro. A prova deverá ocorrer em novembro do ano que vem, fechando o calendário esportivo no Estado.    

A confirmação veio por meio do secretário-executivo da Sejel, Ricardo Marrocos, que aproveitou a presença dos quase quatro mil participantes das provas de 7 quilômetros (km) e 21 km pouco antes da largada. “Em 2015, vamos antecipar a meia maratona para o meio do ano e, em novembro, faremos a maratona, no percurso de 42 km”, afirmou Marrocos.

Considerada a prova mais nobre do atletismo, a Maratona tem a distância de 42 mil metros e se originou de forma curiosa. A corrida recebeu esse nome em homenagem a lenda grega do soldado Feidípedes, um mensageiro do exército de Atenas, que teria morrido de exasutão após correr cerca de 40 quilômetros para contar sobre a vitória dos exércitos atenienses sobre os persas.

Uma das mais longas, desgastantes e difíceis provas do atletismo, a maratona é, ininterruptamente, uma prova olímpica desde a primeira edição dos Jogos Olímpicos, em Atenas, em 1896. Hoje, pelo menos 500 provas do tipo são disputadas em todo mundo, o que comprova a popularização do evento.

Meia Maratona e Corrida sejel

Cerca de quatro mil atletas participaram das duas provas organizadas pela secretaria de esportes de Estado , no sábado (29). Nem mesmo o forte calor feito no fim deste sábado foi capaz de abalar o ânimo dos corredores que compareceram a ponte Rio Negro.

Considerada a maior corrida de rua da região Norte o evento contou 420 colaboradores em serviço. Foram utilizados ainda cinco toneladas de gelo, 27 mil copos de água, 2,5 mil isotônicos e dois mil quilos de frutas. Entre as novidades para esta edição, o translado do estacionamento para a concentração da prova caiu no gosto dos participantes.


“Já participo desde a primeira edição e esta foi sem dúvida a melhor. O transporte confortável do estacionamento até o local da prova, a ponte como local de corrida e o show da banda Essênce transformaram o ambiente em algo mais agradável ainda”, falou a assistente jurídica Juliana Vasconcelos, de 32 anos, que correu os 7k.

Quase mil nos 21km 

A grande surpresa na realização da prova foi o número elevado de participantes no percurso maior. Lançado inicialmente apenas para 800 corredores, pelo menos mil largaram por volta das 17h10 para enfrentar os 21km de corrida.


O primeiro a cruzar foi Fabiano Gomes dos Santos, que fez os primeiros 11k em 34 minutos e completou o percurso total em 1’10”21. Segundo ele, as subidas ao longo do percurso foram algumas das dificuldades.

“O local é muito bom para correr. Bonito e ventilado. Mas tem muita subida, o que torna a prova difícil. Mas acreditei, não desisti e fiz o que pude para completar a prova o mais rápido possível”, disse Fabiano.

Milhares na prova dos 7km

Segundo pelotão a largar, os corredores que completaram os 7k da Corrida Sejel (prova que aconteceu simultaneamente a 3ª Meia Maratona) fizeram um breve alongamento antes da largada. A prova pagou ainda uma premiação de R$ 1 mil para o primeiro, R$ 600 para o segundo, e R$ 400 para o terceiro colocado.

Dionísio Cosmo Cardoso, primeiro colocado no percurso menor, completou os 7km com a marca de 22”42. O militar do Exército Brasileiro, Franquinaldo Araújo de Oliveira, de 25 anos, terminou a prova em segundo lugar. O atleta compete há um ano e quatro meses e também foi segundo colocado  na corrida Henrique Archer Pinto, na categoria 5K. De acordo com ele a corrida foi tensa e um tanto complicada. 

“Estou muito feliz de ter ficado como segundo lugar nesta competição. O percurso foi difícil. Mas eu sei que o resultado foi bom para mim. Quero me superar mais e nas próximas competições se Deus quiser chegar em primeiro”, afirmou o corredor.

Deficiente visual feminino

Josimara Andrade enfrentou os 365 quilômetros por via fluvial de Maués até a capital, Manaus para competir pela primeira vez. Corredora há pouco mais de um mês e, muito emocionada falou sobre fazer mais através do esporte .“O esporte me tirou a sensação de inutilidade. Dedico essa vitória aos meus dois filhos”, concluiu a corredora que completou o percurso em 40 minutos.

Resultados:

21k Elite Masculino:

1º Fabiano Gomes do Santos – 1’10”21

2º José Maria de Alme – 1’10”43

3º Juarez Rosa Silva – 1’12”20

4º Paulo Cesar Silva Oliveira – 1’13”00

5º Janailson da Silva – 1’14”36


21k Elite feminino:

1º Elivania Oliveira dos Santos – 1’23” 29

2º Rosinete dos Santos Moura – 1’ 23” 59

3º Willy Sandra Nascimento – 1’31” 16

4º Jessica Natalia Souza Santos – 1’34”03

5º Irismar Gonçalves Aranha – 1’38”36


7k Elite Masculino:

1º Dionísio Cosme Cardoso – 22”42

2º Franquinaldo Araújo de Oliveira – 23”09

3º Leandro Silva Costa – 23”24


7k Elite feminino

1º Franciane dos Santos – 26”17

2º Ana Paula Silva Almeida 27”23

3º Márcia da Silva Magalhães – 29”49


Publicidade
Publicidade