Sábado, 14 de Dezembro de 2019
VITORIOSO

Amazonense que garantiu 2° lugar no Rally dos Sertões destaca desafios

Piloto amazonense conta sobre a paixão por corridas e a conquista do 2° lugar no Rally dos Sertões, a maior competição da modalidade em solo nacional



Piloto_3656FA2B-B8BB-455F-B252-8F9D13FAEB0D.JPG Foto: Acervo Pessoal
07/09/2019 às 15:58

O Amazonas é muito conhecido por exportar grandes atletas nas mais diversas modalidades, apesar do Rally não ser de grande tradição na região, um amazonense está disposto a mudar o cenário e na breve carreira já ‘acelerou’ com o pé direito. Trata-se de Fábio Cavalcante, empresário e piloto que conquistou o segundo lugar no Rally dos Sertões, maior competição nacional da modalidade, com aproximadamente 2.832 quilômetros de extensão, passando por seis estados e nove municípios do território brasileiro.

A competição iniciou no dia 25 de agosto e teve seu desfecho no último domingo (1º), após oito dias exaustivos de prova. O piloto era o único representante do estado na prova e conquistou as terras áridas do sertão brasileiro, passando por diversos percalços, dentro da categoria “Over 45” - para pilotos a partir de 45 anos.



Essa é apenas a segunda participação de Fábio no Rally. Apesar da carreira recente, os resultados do amazonense são expressivos. Ele comentou o diferencial da experiência e da força psicológica dentro da competição. 

“Ano passado, no terceiro dia eu tive um acidente, onde perdi o Rally todo. Depois disso comecei a refletir bastante e neste ano tive alguns perrengues também, pensei em desistir algumas vezes, dois pneus furados na mesma prova, alguns acidentes. Mas o fato é que todos passam por isso. O Rally é isso. A minha esposa Alessandra Cerquinho e meu irmão Carlos também me deram bastante apoio emocional, aquele apoio familiar que a gente precisa. Além deles Daniel Oliveira, Zetti Silva e Warlisson também são pessoas que me ajudavam na minha chegada nos municípios, para preparar uma estrutura um pouco melhor”, disse o amazonense que se apaixonou pela modalidade há cinco anos.

“Há uns cinco anos, conheci algumas pessoas que andavam de Troller, gostei muito, então comprei um carro também, andando com eles conheci um outro pessoal que andava de UTV, que é um ‘carrinho’ que hoje em dia estou correndo no Rally dos Sertões”, completou.

E como ‘parceiro de corridas’, o UTV também tem uma preparação especial para as provas que disputa. “O carro é preparado pelo Neto, que cuida da logística e manutenção do carro, da equipe Amazon Racing, mas foi finalizado pela equipe Cotton, de São Paulo”, explicou. 

Apesar de apaixonado pela modalidade, Fábio não é profissional e precisa conciliar as corridas com o trabalho. “Os dias que estive no Rally, tive de usar minhas férias, mas mesmo assim vou tentando organizar tudo daqui, do jeito que der, mandando orientações por telefone. Quanto à preparação, alguns meses antes do Rally, eu treino em Manaus com minha equipe, nos finais de semana no máximo”.

News whatsapp image 2019 06 21 at 16.12.51 7cbfadd4 8d2b 47cf a09e 336b83276e71
Repórter de A CRÍTICA

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.