Publicidade
Esportes
Craque

Amazonense enfrenta John Nuncio nesta sexta-feira nos EUA

Em conversa, atleta Guilherme Farias da Costa confirmou o que já havia dito: vai para a luta mesmo com dores na mão direita, fraturada após um treino com um sparring 12/06/2015 às 11:28
Show 1
Mesmo com a mão direita fraturada, lutador amazonense subirá no octógono hoje
paulo andré nunes Manaus

Provando que é “casca grossa”, o lutador amazonense Guilherme Farias da Costa enfrenta nesta sexta no McAllen Convention Center, em McAllen, Texas, o mexicano John Nuncio Jimenez, pela categoria peso leve do South Texas Fighting Championship (STFC).

O MANAUS HOJE conversou com o atleta que confirmou o que já havia dito há alguns dias: vai para a luta mesmo com dores na mão direita, fraturada após um treino com um sparring.

Expectativa

“Mesmo com essa fratura a expectativa é a melhor possível. Perdi 12 quilos, quase 13kg. Cortei dez só na última semana só esperando a hora de lutar. Se Deus quiser vou levar mais essa vitória para Manaus e depois focar no cinturão se Deus quiser”, comentou Guilherme, após a pesagem realizada ontem no Texas.

O lutador havia sido orientado por médicos a não lutar nesta sexta-feira: “Os médicos falaram para eu não lutar porque existe a possibilidade de piorar a situação da mão. Mas essa é a minha oportunidade e vou lutar nem que seja com uma mão mesmo. Todo sacrifício tem uma recompensa. E estou a uma luta do cinturão”,

O STFC é uma das organizações que rivalizam com o todo poderoso Ultimate Fighting Championship, o UFC.

Guilherme vem de vitória sobre Edwynn Hones por finalização (calf slicer) durante o STFC - Battle at the Beach que aconteceu em 28 de março. A vitória o deixou na rota do título dos pesos leves. Se vencer seu combate hoje, ele deverá enfrentar, em setembro, o campeão do cinturão da sua categoria: Luck Flores.

Publicidade
Publicidade