Publicidade
Esportes
Olimpíadas

Amazonense se classifica para equipe de futevôlei nas Olimpíadas

Futevôlei será o esporte de exibição das Olimpíadas do Rio e o amazonense Davi Perrone conseguiu uma vaga. Ele terá a honra de representar o país no evento e ficar pertinho dos astros do esporte 07/07/2016 às 13:52
Show 1103869
Davi mostra os troféus da Copa Brasil de futevôlei, conquistados no último fim de semana, no Ceará e que confirmaram a vaga do amazonense no torneio olímpico (Foto: Evandro Seixas)
Dani Brito

Mais um amazonense estará no seleto time de brasileiros que vão disputar as Olimpíadas 2016, daqui a menos de um mês, no Rio de Janeiro. O jogador de futevôlei Davi Perrone, de 29 anos, conseguiu a classificação no último fim de semana durante a Copa Brasil de Futevôlei, realizada no Ceará. Apesar da modalidade não integrar o programa olímpico, o futevôlei foi escolhido para ser o “esporte de exbição” durante os Jogos. A intenção do comitê organizador é que com isso, a modalidade consiga entrar no circuito oficial para os Jogos Olímpicos de 2020, em Tóquio.

O torneio de exibição olímpico de futevôlei terá representantes de 28 países. Os atletas vão ficar alojados na vila oficial dos Jogos. As partidas acontecem entre os dias 25 e 28 de agosto, no intervalo entre os Jogos Olímpicos e Paralímpicos e serão realizadas na arena de vôlei de praia, em Copacabana. Os vencedores ganharão medalhas simbólicas.

Davi desembarcou em Manaus na terça-feira. E ontem, em um bate papo exclusivo com a reportagem, ele tentou descrever a emoção de ser um atleta olímpico. Desde fevereiro, quando houve a confirmação do futevôlei como evento de exibição olímpico, ele colocou como objetivo conseguir a classificação para o torneio. “No início eu achava que a participação nas Olimpíadas era uma coisa muito distante, mas conforme o tempo foi passando, percebi que eu tinha chances reais de estar lá e me esforcei ao máximo”, disse o amazonense. Davi terá o pernambucano Pinho como parceiro nos Jogos.

Davi confessou que está vivendo um momento único. “Minha expectativa é muito grande. O orgulho de levar o nome do Amazonas num evento tão grande e principalmente no meu país é indescritível. Estamos fazendo história, pois este é o pontapé inicial para inserir o esporte nos Jogos Olímpicos, assim como aconteceu com o vôlei de praia em 92, quando o esporte foi apresentado nos Jogos de Barcelona”, destacou o atleta baré.

Davi viaja para o Rio de Janeiro no dia 10 de agosto para encontrar com o parceiro Pinho e se acomodar no alojamento olímpico. Durante os Jogos, o atleta vai contar com uma torcida especial de amigos e familiares que viajarão para o Rio de janeiro para assistir o torneio.

Natural de Maués, Davi conheceu o futevôlei bem cedo, aos 10 anos de idade, nas belas praias do município. Juntamente com os dois irmãos Guilherme e “Preto”, evoluiu no esporte e aos 18 anos começou a competir em Manaus. Na mesma época ele se mudou para a capital. De lá pra cá o atleta conquistou 16 títulos amazonenses, quatro brasileiros e um mundial. Em 2014 Davi criou uma escola para ensinar o esporte gratuitamente em Manaus.

Publicidade
Publicidade