Quarta-feira, 14 de Abril de 2021
FUTEBOL DE BASE

Sub-19 tem retorno marcado, mas demais categorias devem ficar para 2021

FAF projeta retorno do Amazonense Sub-19, que foi interrompido após duas primeiras rodadas pela pandemia, para setembro. Diretor Thiago Durante, porém, não crê em realização de torneios do Sub-9 ao Sub-17



thiago_durante_faf_1D2BF4BD-F93C-409B-822E-FDB9BE357BE1.jpg Foto: Divulgação/FAF
17/06/2020 às 08:38

A Federação Amazonense de Futebol (FAF) espera retomar o Estadual da categoria Sub-19 a partir de setembro, com término projetado para novembro. A competição, que iniciou ainda no início de 2020 e foi interrompida em março por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) após duas rodadas realizadas, deve ser a única que a federação estadual vai realizar das categorias de base.

Quem projeta o panorama é Thiado Durante, diretor executivo de futebol de base da FAF. Segundo ele, por falta de tempo hábil no calendário, o Amazonense Sub-19 será o único com condições de ser finalizado em 2020 – até porque a competição é que dá vaga para Copa do Brasil Sub-20 e Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2021.



“A base vai ser uma das principais afetadas após a pandemia. O calendário da base, a nível nacional, está totalmente indefinido. A gente espera algum posicionamento da CBF, até porque o Amazonas ainda tem vagas em Copa do Brasil Sub-20 e Sub-17 de 2020”, afirmou o dirigente, ressaltando a situação dos torneios de categorias que envolvem atletas abaixo dos 18.


Amazonense Sub-19 já havia realizado duas partidas antes da pandemia. Foto: Thiago Durante

“A definição que nós temos, agora, é em relação ao Sub-19. As demais (Sub-9 ao Sub-17) são difíceis de acontecer ainda nesse ano. Vamos verificar a possibilidade de compensar essas categorias em 2021”, completou Durante. A dificuldade, segundo o diretor da FAF, se dá, principalmente, pela falta de poderio financeiro que impossibilita os clubes de realizarem testagem e produção de protocolos de segurança aos envolvidos.

Em outras regiões do país, segundo o diretor, competições de base já foram suspensas até que se tenha uma vacina contra o novo coronavírus (Covid-19) visando a saúde dos jogadores.

“São situações fora da realidade financeira de nossos clubes. Hoje, vemos por aí 25 testes (para Covid-19) custando R$ 4 mil. É algo fora do padrão de nossos clubes e os protocolos requerem um desempenho financeiro muito alto, que nossos clubes não possuem”, concluiu o responsável pelas categorias de base do futebol amazonense.

News leonardo 9028af08 26fb 4271 b322 4409cded8370
Repórter do Craque
Jornalista em formação na Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e repórter do caderno de esportes Craque, de A Crítica. Manauara fã da informação e que procura aproximar o leitor de histórias – do futebol ao badminton.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.